Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Shoppings mostram otimismo

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Apesar da crise, centros comerciais esperam altas de
até 8% nas vendas com ajuda de sorteios de brindes


Marina Teodoro
Especial para o Diário

04/06/2015 | 07:00


Mesmo com a crise econômica do País, as administrações de shoppings centers e associações comerciais do Grande ABC apostam que, nesse mês frio de junho, o Dia dos Namorados poderá aquecer os corações e também os resultados dos lojistas da região.

Os centros de compras projetam expansão de até 8% nas vendas, enquanto as associações são um pouco mais modestas e estimam até 5% de alta. Isso apesar de recente pesquisa de intenção de compras, realizada pelo Observatório Econômico da Universidade Metodista, que apontou retração no consumo da região de 3,5% para a data na comparação com mesmo período de 2014, os representantes do comércio parecem estar confiantes.

Para impulsionar as vendas, os shoppings estão se utilizando de promoções para atrair consumidores, que abrangem desde o sorteio de viagens, carros, bicicletas até concurso de danças.

ESTRATÉGIAS

O gerente de marketing do shopping Praça da Moça, em Diadema, Danilo Senturelle, assinala que já percebe uma reação na procura do consumidor, por causa da estratégia realizada pelo empreendimento, que dá ao cliente, a cada R$ 250 em compras, um travesseiro de viagens, e a chance de concorrer a viagens para Cancún, Bariloche e Veneza. “Percebemos uma evolução nas vendas deste ano devido às campanhas promocionais e inauguração de novas lojas, por isso, estimamos crescimento de 8%.”

No Mauá Plaza Shopping a previsão é de que haja um incremento de 7,5% nas vendas e 9% no público. No local, haverá um concurso de dança de salão e um baile, com aula de dança, aberto ao público.

O Shopping Metrópole, em São Bernardo vai sortear um carro e dois vales-viagem no valor de R$ 10 mil para os que gastarem R$ 300 no local.

A gerente de marketing do estabelecimento, Márcia Zoratti de Souza, está positiva. “Não traçamos uma porcentagem, mas, de acordo com a Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers), a data pode elevar as vendas do setor em cerca de 5%.”

O ParkShopping São Caetano dá ao cliente, além do direito de concorrer a um Jeep Renegade, ao gastar R$ 400, um bowl (tigela) em formato de coração repleto de bombons.

O Golden Square Shopping, em São Bernardo, sorteia dois pares de bicicletas elétricas, para quem acumular R$ 200 com gastos. A estimativa do shopping é que com a promoção aumente em 12% o movimento.

Já o Grand Plaza, em Santo André, dá ao consumidor que gastar acima de R$ 300 nas lojas participantes um par de ingressos para o 6º Festival Nova Brasil FM. No Atrium Shopping, em Santo André, a cada R$ 200 em compras vale um chocolate mais uma foto de cabine do casal.

As promoções vão até 12 de junho. Os Shopping ABC, em Santo André, e São Bernardo Plaza não farão campanha.

RETRAÇÃO

Em contraponto com as expectativas dos comerciantes da região, a CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) calcula retração de 0,1% no volume de vendas dos comerciantes em todo Brasil. A pesquisa também aponta que esta foi a única vez em 11 anos que a estimativa para a data registrou queda. No ano passado, a perspectiva era de crescimento de 4,4%.

A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas, por sua vez, aponta que o possível crescimento não deve ultrapassar 1% em todo o Estado.

Entre os lojistas, a torcida é para que as pesquisas dessas entidades estejam erradas e o consumidor se encoraje a comprar presente para a data. “Tomara que seja melhor do que o Dia das Mães, porque neste ano ainda não tive lucro em relação ao ano passado”, diz a proprietária de duas lojas de sapato em São Caetano, Juliana Fontes, 51 anos.

Associações ‘pulam’ data e deixam lojas de rua por conta própria

As lojas de rua terão que criar promoções para atrair o público por conta própria para o Dia dos Namorados, já que as associações comerciais não prepararam nenhuma campanha para a data. A única entidade que comentou que fez uma ação voltada para lojistas foi a ACE (Associação Comercial e Empresarial) Diadema, mas sem relação com os consumidores. Nessa ação, casais que trabalham juntos em lojas diademenses filiadas à entidade podiam enviar suas fotos, que serão publicadas nas redes sociais da associação.

Apesar de pularem a data no que se referem a promoções, os representantes das associações acreditam em expansão nos resultados no período. “Os lojistas estão esperançosos, e as vendas devem crescer cerca de 5%”, diz o presidente da Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André), Evenson Dotto.

O presidente da Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo), Valter Moura, também prevê expansão. “É uma das datas mais significativas para o comércio, e a movimentação pode impulsionar as vendas em até 4%”, afirma. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Shoppings mostram otimismo

Apesar da crise, centros comerciais esperam altas de
até 8% nas vendas com ajuda de sorteios de brindes

Marina Teodoro
Especial para o Diário

04/06/2015 | 07:00


Mesmo com a crise econômica do País, as administrações de shoppings centers e associações comerciais do Grande ABC apostam que, nesse mês frio de junho, o Dia dos Namorados poderá aquecer os corações e também os resultados dos lojistas da região.

Os centros de compras projetam expansão de até 8% nas vendas, enquanto as associações são um pouco mais modestas e estimam até 5% de alta. Isso apesar de recente pesquisa de intenção de compras, realizada pelo Observatório Econômico da Universidade Metodista, que apontou retração no consumo da região de 3,5% para a data na comparação com mesmo período de 2014, os representantes do comércio parecem estar confiantes.

Para impulsionar as vendas, os shoppings estão se utilizando de promoções para atrair consumidores, que abrangem desde o sorteio de viagens, carros, bicicletas até concurso de danças.

ESTRATÉGIAS

O gerente de marketing do shopping Praça da Moça, em Diadema, Danilo Senturelle, assinala que já percebe uma reação na procura do consumidor, por causa da estratégia realizada pelo empreendimento, que dá ao cliente, a cada R$ 250 em compras, um travesseiro de viagens, e a chance de concorrer a viagens para Cancún, Bariloche e Veneza. “Percebemos uma evolução nas vendas deste ano devido às campanhas promocionais e inauguração de novas lojas, por isso, estimamos crescimento de 8%.”

No Mauá Plaza Shopping a previsão é de que haja um incremento de 7,5% nas vendas e 9% no público. No local, haverá um concurso de dança de salão e um baile, com aula de dança, aberto ao público.

O Shopping Metrópole, em São Bernardo vai sortear um carro e dois vales-viagem no valor de R$ 10 mil para os que gastarem R$ 300 no local.

A gerente de marketing do estabelecimento, Márcia Zoratti de Souza, está positiva. “Não traçamos uma porcentagem, mas, de acordo com a Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers), a data pode elevar as vendas do setor em cerca de 5%.”

O ParkShopping São Caetano dá ao cliente, além do direito de concorrer a um Jeep Renegade, ao gastar R$ 400, um bowl (tigela) em formato de coração repleto de bombons.

O Golden Square Shopping, em São Bernardo, sorteia dois pares de bicicletas elétricas, para quem acumular R$ 200 com gastos. A estimativa do shopping é que com a promoção aumente em 12% o movimento.

Já o Grand Plaza, em Santo André, dá ao consumidor que gastar acima de R$ 300 nas lojas participantes um par de ingressos para o 6º Festival Nova Brasil FM. No Atrium Shopping, em Santo André, a cada R$ 200 em compras vale um chocolate mais uma foto de cabine do casal.

As promoções vão até 12 de junho. Os Shopping ABC, em Santo André, e São Bernardo Plaza não farão campanha.

RETRAÇÃO

Em contraponto com as expectativas dos comerciantes da região, a CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) calcula retração de 0,1% no volume de vendas dos comerciantes em todo Brasil. A pesquisa também aponta que esta foi a única vez em 11 anos que a estimativa para a data registrou queda. No ano passado, a perspectiva era de crescimento de 4,4%.

A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas, por sua vez, aponta que o possível crescimento não deve ultrapassar 1% em todo o Estado.

Entre os lojistas, a torcida é para que as pesquisas dessas entidades estejam erradas e o consumidor se encoraje a comprar presente para a data. “Tomara que seja melhor do que o Dia das Mães, porque neste ano ainda não tive lucro em relação ao ano passado”, diz a proprietária de duas lojas de sapato em São Caetano, Juliana Fontes, 51 anos.

Associações ‘pulam’ data e deixam lojas de rua por conta própria

As lojas de rua terão que criar promoções para atrair o público por conta própria para o Dia dos Namorados, já que as associações comerciais não prepararam nenhuma campanha para a data. A única entidade que comentou que fez uma ação voltada para lojistas foi a ACE (Associação Comercial e Empresarial) Diadema, mas sem relação com os consumidores. Nessa ação, casais que trabalham juntos em lojas diademenses filiadas à entidade podiam enviar suas fotos, que serão publicadas nas redes sociais da associação.

Apesar de pularem a data no que se referem a promoções, os representantes das associações acreditam em expansão nos resultados no período. “Os lojistas estão esperançosos, e as vendas devem crescer cerca de 5%”, diz o presidente da Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André), Evenson Dotto.

O presidente da Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo), Valter Moura, também prevê expansão. “É uma das datas mais significativas para o comércio, e a movimentação pode impulsionar as vendas em até 4%”, afirma. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;