Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santos derrota Rio Claro e garante 2ª melhor campanha da tabela

Estadão Conteúdo  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


09/04/2015 | 00:21


O Santos encerrou o turno único do Paulistão com vitória por 2 a 0 sobre o Rio Claro, na Vila Belmiro, na noite desta quarta-feira. A equipe do litoral confirmou o primeiro lugar no Grupo D, com 34 pontos - segunda posição na classificação geral - e vai enfrentar o XV de Piracicaba nas quartas de final, em jogo único, também na Vila. A Federação Paulista de Futebol divulga nesta quinta o dia e o local da partida. A princípio seria no domingo, mas há possibilidade de ser marcada para o sábado à noite.

O Santos fez uma partida burocrática, típica de um time que apenas cumpriu a obrigação de entrar em campo para jogar. Já classificado, estava mais interessado em se poupar para as quartas de final e isso pôde ser visto no comportamento de alguns jogadores.

Mesmo com alguns desfalques, o Santos não teve problemas para dominar totalmente o primeiro tempo. Diante de um adversário preocupado apenas em marcar no seu campo de defesa, trocou bem a bola, nos momentos em que jogou em velocidade e com movimentação de seus jogadores, criou chances de gol.

Foram várias na etapa: Robinho e Marquinhos Gabriel tiveram uma cada, Gabriel teve três, mas o golzinho solitário da etapa foi marcado por Ricardo Oliveira. E surgiu após pela jogada de Marquinhos Gabriel, que driblou três adversários e tocou para o centroavante marcar.

O gol de Ricardo Oliveira foi de número 5 mil do Santos em Campeonatos Paulistas - disputa a competição desde 1912 e só ficou de fora em 1914 e 1915.

A parte inicial do segundo tempo foi igual à toda a primeira etapa, com exceção da tentativa do Rio Claro de apertar um pouco mais a marcação. Mas não foi isso que, depois dos 15 minutos, fez o jogo cair e sim o desinteresse do Santos. A partida tornou-se modorrenta, com poucos lances de alguma intensidade.

As únicas duas jogadas de destaque a partir daí foram protagonizadas por Robinho. Na segunda delas, ele acertou a trave e na sequência o Santos teve um escanteio. Na cobrança, aos 44 minutos, David Braz, meio sem jeito, bateu de esquerda e fez 2 a 0.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 2 x 0 RIO CLARO

SANTOS - Vladimir; Victor Ferraz; David Braz, Gustavo Henrique e Chiquinho (Zeca); Valência, Leandrinho (Lucas Otávio) e Marquinhos Gabriel; Robinho, Ricardo Oliveira e Gabriel (Lucas Crispim). Técnico: Márcio Fernandes.

RIO CLARO - Richard; Vinícius Bovi, Pitty, Gilberto e Renan Diniz; Carlinhos Miranda (Nenê Bonilha), Renan Luís, Matheus Galdesani e Jefferson Paulista (Guaru); Bruno Catanhede (Leo Cordeiro) e Paulinho. Técnico: Estevam Soares.

GOLS - Ricardo Oliveira, aos 5 minutos do primeiro tempo. David Braz, aos 44 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Jefferson Paulista, e Bruno Catanhede.

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira.

RENDA - R$ 91.810,00.

PÚBLICO - 4.720 pagantes.

LOCAL - Vila Belmiro, em Santos (SP).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santos derrota Rio Claro e garante 2ª melhor campanha da tabela


09/04/2015 | 00:21


O Santos encerrou o turno único do Paulistão com vitória por 2 a 0 sobre o Rio Claro, na Vila Belmiro, na noite desta quarta-feira. A equipe do litoral confirmou o primeiro lugar no Grupo D, com 34 pontos - segunda posição na classificação geral - e vai enfrentar o XV de Piracicaba nas quartas de final, em jogo único, também na Vila. A Federação Paulista de Futebol divulga nesta quinta o dia e o local da partida. A princípio seria no domingo, mas há possibilidade de ser marcada para o sábado à noite.

O Santos fez uma partida burocrática, típica de um time que apenas cumpriu a obrigação de entrar em campo para jogar. Já classificado, estava mais interessado em se poupar para as quartas de final e isso pôde ser visto no comportamento de alguns jogadores.

Mesmo com alguns desfalques, o Santos não teve problemas para dominar totalmente o primeiro tempo. Diante de um adversário preocupado apenas em marcar no seu campo de defesa, trocou bem a bola, nos momentos em que jogou em velocidade e com movimentação de seus jogadores, criou chances de gol.

Foram várias na etapa: Robinho e Marquinhos Gabriel tiveram uma cada, Gabriel teve três, mas o golzinho solitário da etapa foi marcado por Ricardo Oliveira. E surgiu após pela jogada de Marquinhos Gabriel, que driblou três adversários e tocou para o centroavante marcar.

O gol de Ricardo Oliveira foi de número 5 mil do Santos em Campeonatos Paulistas - disputa a competição desde 1912 e só ficou de fora em 1914 e 1915.

A parte inicial do segundo tempo foi igual à toda a primeira etapa, com exceção da tentativa do Rio Claro de apertar um pouco mais a marcação. Mas não foi isso que, depois dos 15 minutos, fez o jogo cair e sim o desinteresse do Santos. A partida tornou-se modorrenta, com poucos lances de alguma intensidade.

As únicas duas jogadas de destaque a partir daí foram protagonizadas por Robinho. Na segunda delas, ele acertou a trave e na sequência o Santos teve um escanteio. Na cobrança, aos 44 minutos, David Braz, meio sem jeito, bateu de esquerda e fez 2 a 0.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 2 x 0 RIO CLARO

SANTOS - Vladimir; Victor Ferraz; David Braz, Gustavo Henrique e Chiquinho (Zeca); Valência, Leandrinho (Lucas Otávio) e Marquinhos Gabriel; Robinho, Ricardo Oliveira e Gabriel (Lucas Crispim). Técnico: Márcio Fernandes.

RIO CLARO - Richard; Vinícius Bovi, Pitty, Gilberto e Renan Diniz; Carlinhos Miranda (Nenê Bonilha), Renan Luís, Matheus Galdesani e Jefferson Paulista (Guaru); Bruno Catanhede (Leo Cordeiro) e Paulinho. Técnico: Estevam Soares.

GOLS - Ricardo Oliveira, aos 5 minutos do primeiro tempo. David Braz, aos 44 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Jefferson Paulista, e Bruno Catanhede.

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira.

RENDA - R$ 91.810,00.

PÚBLICO - 4.720 pagantes.

LOCAL - Vila Belmiro, em Santos (SP).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;