Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Prefeitura planeja homenagem para eternizar o nome de Laís Elena

Ricardo Trida/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ex-treinadora se aposentou após 32 anos no comando do time de basquete de Santo André


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

02/04/2015 | 07:00


No que depender do prefeito Carlos Grana (PT) e da secretária de Esporte e Lazer, Marta Sobral, Laís Elena terá evento para oficializar a decisão de se aposentar da carreira de técnica da equipe de basquete feminino de Santo André após 32 anos na função. Os detalhes da festa estão sendo mantidos em sigilo, assim como a data.

“Vou convidar Laís para conversa no gabinete e propor uma festa de despedida. Quero saber se ela se sente à vontade e o tipo de comemoração que podemos fazer”, comentou Grana. “Claro que faremos uma homenagem, mas se revelarmos todos os detalhes antes não será mais surpresa”, completou Marta.

A dupla, aliás, não poupou elogios à ex-treinadora. “Laís teve extrema dedicação ao basquete de Santo André. Ajudou muito o Esporte da cidade a se desenvolver. Sou grato a ela”, ressaltou Grana. “Uma pena que vai parar, mas tem muito a contribuir, agora como supervisora”, lembrou Marta.

A secretária, aliás, disse que Laís Elena foi fundamental em sua vida pessoal e profissional. “Vim jogar basquete em Santo André por causa dela. Considero a Laís Elena uma segunda mãe, foi importante não só para mim, mas para a minha irmã Leila. Posso dizer que 200% do que sou hoje devo a ela, inclusive estar na Secretaria de Esporte”, ressaltou Marta.

A ex-jogadora lembrou que Laís não dará adeus ao basquete. “Estou triste com a decisão que ela tomou, mas respeito sua opinião. Ela vai ocupar uma vaga nos bastidores como supervisora técnica, mas ainda vamos conversar para acertar os detalhes. Laís vai cuidar das categorias de base e com sua experiência ajudará e muito a revelar jogadoras, como sempre fez ”, projetou a secretária.

A decisão de Laís em deixar o cargo de técnica repercutiu. A ex-jogadora Hortência aprovou a decisão. “Já havia falado para ela que estava na hora de ocupar um cargo na gestão do basquete de Santo André. Ela foi treinadora muito importante para a modalidade e sua experiência será fundamental na garimpagem de novos talentos para a modalidade. O basquete precisa muito dela”, analisou a Rainha do basquete.

Ex-técnica garante que o basquete feminino não vai acabar na cidade

Laís Elena tem duas certezas. A primeira é que desta vez não vai voltar atrás e a derrota para o São José (54 a 49) nas quartas de final da Liga Nacional, terça-feira, foi a última partida como treinadora da equipe andreense. A segunda é que o basquete feminino de Santo André não irá acabar.

“Não sei qual será a verba que teremos para a próxima temporada, mas não vou deixar o basquete feminino acabar nunca em Santo André, nem que eu tenha de disputar as competições com a equipe sub-17”, comentou Laís Elena. “Vou aproveitar o tempo nos bastidores para fazer um projeto e tentar um bom patrocinador”, acrescentou.

A secretária de Esporte e Lazer de Santo André, Marta Sobral, deu apoio à treinadora. “Muita gente tem falado bobeira nos últimos dias, inclusive dizendo que a aposentadoria da Laís Elena seria o fim do basquete. Mentira. Vamos continuar apoiando e muito o time”, comentou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Prefeitura planeja homenagem para eternizar o nome de Laís Elena

Ex-treinadora se aposentou após 32 anos no comando do time de basquete de Santo André

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

02/04/2015 | 07:00


No que depender do prefeito Carlos Grana (PT) e da secretária de Esporte e Lazer, Marta Sobral, Laís Elena terá evento para oficializar a decisão de se aposentar da carreira de técnica da equipe de basquete feminino de Santo André após 32 anos na função. Os detalhes da festa estão sendo mantidos em sigilo, assim como a data.

“Vou convidar Laís para conversa no gabinete e propor uma festa de despedida. Quero saber se ela se sente à vontade e o tipo de comemoração que podemos fazer”, comentou Grana. “Claro que faremos uma homenagem, mas se revelarmos todos os detalhes antes não será mais surpresa”, completou Marta.

A dupla, aliás, não poupou elogios à ex-treinadora. “Laís teve extrema dedicação ao basquete de Santo André. Ajudou muito o Esporte da cidade a se desenvolver. Sou grato a ela”, ressaltou Grana. “Uma pena que vai parar, mas tem muito a contribuir, agora como supervisora”, lembrou Marta.

A secretária, aliás, disse que Laís Elena foi fundamental em sua vida pessoal e profissional. “Vim jogar basquete em Santo André por causa dela. Considero a Laís Elena uma segunda mãe, foi importante não só para mim, mas para a minha irmã Leila. Posso dizer que 200% do que sou hoje devo a ela, inclusive estar na Secretaria de Esporte”, ressaltou Marta.

A ex-jogadora lembrou que Laís não dará adeus ao basquete. “Estou triste com a decisão que ela tomou, mas respeito sua opinião. Ela vai ocupar uma vaga nos bastidores como supervisora técnica, mas ainda vamos conversar para acertar os detalhes. Laís vai cuidar das categorias de base e com sua experiência ajudará e muito a revelar jogadoras, como sempre fez ”, projetou a secretária.

A decisão de Laís em deixar o cargo de técnica repercutiu. A ex-jogadora Hortência aprovou a decisão. “Já havia falado para ela que estava na hora de ocupar um cargo na gestão do basquete de Santo André. Ela foi treinadora muito importante para a modalidade e sua experiência será fundamental na garimpagem de novos talentos para a modalidade. O basquete precisa muito dela”, analisou a Rainha do basquete.

Ex-técnica garante que o basquete feminino não vai acabar na cidade

Laís Elena tem duas certezas. A primeira é que desta vez não vai voltar atrás e a derrota para o São José (54 a 49) nas quartas de final da Liga Nacional, terça-feira, foi a última partida como treinadora da equipe andreense. A segunda é que o basquete feminino de Santo André não irá acabar.

“Não sei qual será a verba que teremos para a próxima temporada, mas não vou deixar o basquete feminino acabar nunca em Santo André, nem que eu tenha de disputar as competições com a equipe sub-17”, comentou Laís Elena. “Vou aproveitar o tempo nos bastidores para fazer um projeto e tentar um bom patrocinador”, acrescentou.

A secretária de Esporte e Lazer de Santo André, Marta Sobral, deu apoio à treinadora. “Muita gente tem falado bobeira nos últimos dias, inclusive dizendo que a aposentadoria da Laís Elena seria o fim do basquete. Mentira. Vamos continuar apoiando e muito o time”, comentou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;