Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ladrões instalam ‘chupa-cabra’ em caixa e são presos


Luciano Cavenagui
Do Diário do Grande ABC

01/11/2005 | 08:21


Seguranças do ABC Plaza Shopping, na região central de Santo André, detiveram domingo à tarde no estacionamento o vendedor Orivaldo dos Santos Silva, 46 anos, e o autônomo Edson Pereira de Sousa, 20. Segundo a polícia, os dois e um terceiro homem instalaram no caixa eletrônico do banco Itaú do shopping um equipamento conhecido como chupa-cabra, utilizado para clonar cartões magnéticos de clientes. Freqüentadores perceberam a ação dos três e chamaram os seguranças. Ao virem os homens, os ladrões tentaram fugir correndo pelo estacionamento. Um deles conseguiu escapar.

O golpe foi percebido às 15h30. Testemunhas dizem ter desconfiado dos três homens dentro do caixa eletrônico e avisado os seguranças do shopping. O trio havia instalado o aparelho que copia as informações da tarja magnética de cartões bancários minutos antes de os seguranças chegarem. Com os dados em mãos, é possível criar um cartão falso e realizar operações bancárias na conta corrente das vítimas.

Policiais militares foram chamados e deram apoio aos seguranças. Os dois homens foram presos no estacionamento e levados para o 4º DP da cidade. As testemunhas que viram o terceiro comparsa dizem que ele tem aproximadamente 45 anos, é branco, forte, possui cabelo curto castanho escuro, altura mediana e carregava uma bolsa de couro preta. A polícia apreendeu no caixa eletrônico o aparelho chupa-cabra, composto por um monitor de aproximadamente 15 polegadas, uma placa metálica e dois cabos de conexão.

Dicas – De acordo com a polícia, a principal dica aos clientes para evitarem a clonagem de cartões por chupa-cabra é não utilizar caixas eletrônicos que aparentem estar mal montados, com peças frouxas, por exemplo. Alguns golpistas não conseguem instalar o aparelho direito e deixam rastros.

Em 6 de agosto, houve caso semelhante em São Bernardo. A Polícia Militar deteve Ronaldo Campos de Santana, 24 anos, dentro da agência do banco Bradesco da avenida Kennedy, no Jardim do Mar.

Segundo a polícia, Santana foi detido logo após instalar um chupa-cabra no caixa eletrônico. Ele tinha passagem na polícia por furto e receptação. Era procurado por homicídio e tem pena a cumprir decretada até 2023.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ladrões instalam ‘chupa-cabra’ em caixa e são presos

Luciano Cavenagui
Do Diário do Grande ABC

01/11/2005 | 08:21


Seguranças do ABC Plaza Shopping, na região central de Santo André, detiveram domingo à tarde no estacionamento o vendedor Orivaldo dos Santos Silva, 46 anos, e o autônomo Edson Pereira de Sousa, 20. Segundo a polícia, os dois e um terceiro homem instalaram no caixa eletrônico do banco Itaú do shopping um equipamento conhecido como chupa-cabra, utilizado para clonar cartões magnéticos de clientes. Freqüentadores perceberam a ação dos três e chamaram os seguranças. Ao virem os homens, os ladrões tentaram fugir correndo pelo estacionamento. Um deles conseguiu escapar.

O golpe foi percebido às 15h30. Testemunhas dizem ter desconfiado dos três homens dentro do caixa eletrônico e avisado os seguranças do shopping. O trio havia instalado o aparelho que copia as informações da tarja magnética de cartões bancários minutos antes de os seguranças chegarem. Com os dados em mãos, é possível criar um cartão falso e realizar operações bancárias na conta corrente das vítimas.

Policiais militares foram chamados e deram apoio aos seguranças. Os dois homens foram presos no estacionamento e levados para o 4º DP da cidade. As testemunhas que viram o terceiro comparsa dizem que ele tem aproximadamente 45 anos, é branco, forte, possui cabelo curto castanho escuro, altura mediana e carregava uma bolsa de couro preta. A polícia apreendeu no caixa eletrônico o aparelho chupa-cabra, composto por um monitor de aproximadamente 15 polegadas, uma placa metálica e dois cabos de conexão.

Dicas – De acordo com a polícia, a principal dica aos clientes para evitarem a clonagem de cartões por chupa-cabra é não utilizar caixas eletrônicos que aparentem estar mal montados, com peças frouxas, por exemplo. Alguns golpistas não conseguem instalar o aparelho direito e deixam rastros.

Em 6 de agosto, houve caso semelhante em São Bernardo. A Polícia Militar deteve Ronaldo Campos de Santana, 24 anos, dentro da agência do banco Bradesco da avenida Kennedy, no Jardim do Mar.

Segundo a polícia, Santana foi detido logo após instalar um chupa-cabra no caixa eletrônico. Ele tinha passagem na polícia por furto e receptação. Era procurado por homicídio e tem pena a cumprir decretada até 2023.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;