Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Muita arte em 30 anos

Ricardo Trida/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Exposição ‘Momentos da Arte Contemporânea
no Brasil’ chega terça ao Paço de Santo André


Gustavo Cipriano
Especial para o Diário do Grande ABC

06/09/2014 | 07:07


esumir 30 anos de história de arte em painéis não é tarefa simples. Mas o Instituto Tomie Ohtake, em parceria com a Prefeitura de Santo André, cumpriu a missão ao organizar a exposição Momentos da Arte Contemporânea no Brasil, aberta ao público. A mostra pode ser vista no Salão de Exposições do Paço Municipal, de terça a sábado, das 12h às 17h e das 18h às 21h, até o dia 28. A entrada é gratuita.

A ideia da exposição é relatar os principais fatos que mudaram o mundo da arte brasileira entre 1940 e 1970. Com painéis coloridos – cada tom para uma década diferente – , os acontecimentos mais importantes ganham fotos, textos e explicações. Um dos exemplos é o terceiro festival de música popular, de 1967. O momento foi traduzido com uma foto de Gilberto Gil e resumo do que significou o importante espetáculo. A apresentação reuniu o cantor e outros grandes nomes do cancioneiro brasileiro, como Chico Buarque, Elis Regina e Caetano Veloso. “Marcou época por causa do uso de guitarras elétricas e pelo protagonismo do público”, diz o texto.

Outro destaque da mostra é o resgate do que foi o começo dos anos 1950. Foi naquela época que surgiu a bossa nova, a cidade de Brasília foi construída e o cinema novo ganhava espaço no cenário. “Foi quando o Brasil entrou no mapa cultural internacional, tanto na música quanto no cinema e na arquitetura”, comenta o coordenador do Núcleo de Pesquisa e Curadoria do Instituto Tomie Ohtake, Paulo Miyada.

“A parceria com o Instituto Tomie Ohtake nos traz muita credibilidade e nos proporciona, por meio de mostras como essa, a possibilidade de educar os nossos artistas e professores”, elogia o secretário de Cultura de Santo André, Raimundo Salles.

Momentos da Arte Contemporânea no Brasil – Exposição. De terça a sábado, das 12h às 17h, e das 18h às 21h, até dia 28. No Paço Municipal de Santo André (Praça 4º Centenário. Tel.: 4433-0685) . Grátis. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Muita arte em 30 anos

Exposição ‘Momentos da Arte Contemporânea
no Brasil’ chega terça ao Paço de Santo André

Gustavo Cipriano
Especial para o Diário do Grande ABC

06/09/2014 | 07:07


esumir 30 anos de história de arte em painéis não é tarefa simples. Mas o Instituto Tomie Ohtake, em parceria com a Prefeitura de Santo André, cumpriu a missão ao organizar a exposição Momentos da Arte Contemporânea no Brasil, aberta ao público. A mostra pode ser vista no Salão de Exposições do Paço Municipal, de terça a sábado, das 12h às 17h e das 18h às 21h, até o dia 28. A entrada é gratuita.

A ideia da exposição é relatar os principais fatos que mudaram o mundo da arte brasileira entre 1940 e 1970. Com painéis coloridos – cada tom para uma década diferente – , os acontecimentos mais importantes ganham fotos, textos e explicações. Um dos exemplos é o terceiro festival de música popular, de 1967. O momento foi traduzido com uma foto de Gilberto Gil e resumo do que significou o importante espetáculo. A apresentação reuniu o cantor e outros grandes nomes do cancioneiro brasileiro, como Chico Buarque, Elis Regina e Caetano Veloso. “Marcou época por causa do uso de guitarras elétricas e pelo protagonismo do público”, diz o texto.

Outro destaque da mostra é o resgate do que foi o começo dos anos 1950. Foi naquela época que surgiu a bossa nova, a cidade de Brasília foi construída e o cinema novo ganhava espaço no cenário. “Foi quando o Brasil entrou no mapa cultural internacional, tanto na música quanto no cinema e na arquitetura”, comenta o coordenador do Núcleo de Pesquisa e Curadoria do Instituto Tomie Ohtake, Paulo Miyada.

“A parceria com o Instituto Tomie Ohtake nos traz muita credibilidade e nos proporciona, por meio de mostras como essa, a possibilidade de educar os nossos artistas e professores”, elogia o secretário de Cultura de Santo André, Raimundo Salles.

Momentos da Arte Contemporânea no Brasil – Exposição. De terça a sábado, das 12h às 17h, e das 18h às 21h, até dia 28. No Paço Municipal de Santo André (Praça 4º Centenário. Tel.: 4433-0685) . Grátis. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;