Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Golpe causa rombo de R$ 70 milhoes no seguro-desemprego


Do Diário do Grande ABC

27/07/2000 | 08:57


Agentes federais do Rio de Janeiro descobriram uma rede que aplicou um golpe durante três anos que causou um rombo de R$ 70 milhoes no seguro-desemprego. A descoberta foi feita por um agente que se disfarçou de funcionário da Caixa Econômica Federal de Campos.

A quadrilha utilizava carteiras de trabalho de canavieiros, que trabalham sem registro. Os golpistas forjavam registros de admissao e demissao usando carimbos de açucareiros da regiao.

Segundo informaçoes da Globo News, um dos acusados, Valquene Ferreira, acusou o funcionário da Caixa Ricardo de Abreu de participar do golpe. Ricardo foi procurado, mas nao quis se pronunciar sobre o assunto. Ele possui uma casa de valor estimado em R$ 300 mil, e afirma que tem um salário de R$ 1 mil.

A Procuradoria da República investiga como durante três anos ninguém desconfiou do golpe. A Caixa informou que vai apurar o possível envolvimento de funcionários.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Golpe causa rombo de R$ 70 milhoes no seguro-desemprego

Do Diário do Grande ABC

27/07/2000 | 08:57


Agentes federais do Rio de Janeiro descobriram uma rede que aplicou um golpe durante três anos que causou um rombo de R$ 70 milhoes no seguro-desemprego. A descoberta foi feita por um agente que se disfarçou de funcionário da Caixa Econômica Federal de Campos.

A quadrilha utilizava carteiras de trabalho de canavieiros, que trabalham sem registro. Os golpistas forjavam registros de admissao e demissao usando carimbos de açucareiros da regiao.

Segundo informaçoes da Globo News, um dos acusados, Valquene Ferreira, acusou o funcionário da Caixa Ricardo de Abreu de participar do golpe. Ricardo foi procurado, mas nao quis se pronunciar sobre o assunto. Ele possui uma casa de valor estimado em R$ 300 mil, e afirma que tem um salário de R$ 1 mil.

A Procuradoria da República investiga como durante três anos ninguém desconfiou do golpe. A Caixa informou que vai apurar o possível envolvimento de funcionários.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;