Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Papa Francisco chega à Grécia para visita a refugiados

Prime Minister of the Hellenic Republic Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


16/04/2016 | 05:27


O papa Francisco chegou à Grécia neste sábado para uma rápida mas provocativa visita a refugiados em um centro de detenção, no momento em que a União Europeia implanta um controverso plano para deportá-los para a Turquia.

O voo do pontífice aterrissou na ilha grega de Lesbos pouco antes das 10h deste sábado, no horário local. O primeiro-ministro Alexis Tsipras o recebeu na pista de pouso, junto com os líderes da Igreja Ortodoxa e da Igreja Ortodoxa Grega.

Os três religiosos vão passar cerca de uma hora com um grupo de 250 imigrantes que estão detidos em Lesbos. Oito deles terão a oportunidade de almoçar com o papa, que vai lançar ao mar uma coroa de flores em homenagem aos que morreram tentando atingir o continente europeu.

A visita de cinco horas de duração tem o objetivo de dar visibilidade à questão dos imigrantes na Europa e demonstrar que os cristãos estão unidos no objetivo de dar uma resposta à crise.

Horas antes da chegada de Francisco a Lesbos, a agência de controle de fronteiras da Europa, a Frontex, interceptou uma embarcação com 41 sírios e iraquianos na região. Os refugiados foram levados ao porto de Mytilene.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Papa Francisco chega à Grécia para visita a refugiados


16/04/2016 | 05:27


O papa Francisco chegou à Grécia neste sábado para uma rápida mas provocativa visita a refugiados em um centro de detenção, no momento em que a União Europeia implanta um controverso plano para deportá-los para a Turquia.

O voo do pontífice aterrissou na ilha grega de Lesbos pouco antes das 10h deste sábado, no horário local. O primeiro-ministro Alexis Tsipras o recebeu na pista de pouso, junto com os líderes da Igreja Ortodoxa e da Igreja Ortodoxa Grega.

Os três religiosos vão passar cerca de uma hora com um grupo de 250 imigrantes que estão detidos em Lesbos. Oito deles terão a oportunidade de almoçar com o papa, que vai lançar ao mar uma coroa de flores em homenagem aos que morreram tentando atingir o continente europeu.

A visita de cinco horas de duração tem o objetivo de dar visibilidade à questão dos imigrantes na Europa e demonstrar que os cristãos estão unidos no objetivo de dar uma resposta à crise.

Horas antes da chegada de Francisco a Lesbos, a agência de controle de fronteiras da Europa, a Frontex, interceptou uma embarcação com 41 sírios e iraquianos na região. Os refugiados foram levados ao porto de Mytilene.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;