Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Virginia Woolf é tema de palestra


Cássio Gomes Neves
Do Diário do Grande ABC

10/09/2005 | 07:59


Os Seminários Avançados sobre a Modernidade - Literatura e Filosofia do Século XX avançam para sua quarta semana com o debate de sábado. O tema é a obra de uma escritora elementar para a literatura feminina, bem como para a literatura desgarrada do realismo que regeu as letras até os anos 20 do século passado. Virginia Woolf (1882-1941), autora britânica de Mrs. Dalloway (1925) e Rumo ao Farol (1927), monopolizará as atenções do professor e palestrante Ricardo Lísias, a partir das 15h de sábado em Santo André.

Um texto-base, Tudo Muito Normal, trabalho fundamental para o melhor entendimento da palestra de Lísias, pode ser lido no site do Diário (

\r\n\r\n

A ordem, segundo o professor, é evitar uma exegese pela via do feminismo pura e simplesmente, do mesmo modo que a dissociação da leitura embalada pela biografia de Virginia - acometida por depressão, tentou o suicídio em mais de uma ocasião, até morrer por afogamento após atirar-se em um rio.

\r\n\r\n

"Vamos tentar analisar como a imagem de Virginia foi construída a partir desse histórico de depressão e como, por causa disso, muitos aspectos literários dela foram esquecidos", afirma Lísias. "No filme As Horas (dirigido por Stephen Daldry e no qual Nicole Kidman interpreta a escritora), ela era representada como uma mulher frágil, fraca. Não era bem assim".

\r\n\r\n

Outra frente pela qual Lísias pretende atacar é a do fluxo de consciência, um recurso lingüístico que abandona a linearidade da narrativa rumo ao discurso interior e psicológico dos personagens, e usado em larga escala por Virginia e pelo irlandês James Joyce (de Ulisses), autor já contemplado nos Seminários.

\r\n\r\n

Após Virginia Woolf, os Seminários discutirão, dia 17, o escritor tcheco de língua alemã Franz Kafka. Texto-base sobre o autor será publicado no Diário na próxima terça-feira (13).

\r\n\r\n

Seminários Avançados sobre a Modernidade - Palestra proferida por Ricardo Lísias; neste sábado, às 15h. Na Casa da Palavra - praça do Carmo, 171, Sto.André. Tel.: 4992-7218. Aos sábados, das 15h às 18h. Entrada franca. Até 10 de dezembro.

\r\n\r\n

Reality show vê produção de curta",1]);//--> www.dgabc.com.br).

Para este seminário, Lísias tangenciará o senso comum que guia a leitura da obra de Virginia e as limitações de interpretação disso resultantes.

A ordem, segundo o professor, é evitar uma exegese pela via do feminismo pura e simplesmente, do mesmo modo que a dissociação da leitura embalada pela biografia de Virginia - acometida por depressão, tentou o suicídio em mais de uma ocasião, até morrer por afogamento após atirar-se em um rio.

"Vamos tentar analisar como a imagem de Virginia foi construída a partir desse histórico de depressão e como, por causa disso, muitos aspectos literários dela foram esquecidos", afirma Lísias. "No filme As Horas (dirigido por Stephen Daldry e no qual Nicole Kidman interpreta a escritora), ela era representada como uma mulher frágil, fraca. Não era bem assim".

Outra frente pela qual Lísias pretende atacar é a do fluxo de consciência, um recurso lingüístico que abandona a linearidade da narrativa rumo ao discurso interior e psicológico dos personagens, e usado em larga escala por Virginia e pelo irlandês James Joyce (de Ulisses), autor já contemplado nos Seminários.

Após Virginia Woolf, os Seminários discutirão, dia 17, o escritor tcheco de língua alemã Franz Kafka. Texto-base sobre o autor será publicado no Diário na próxima terça-feira (13).

Seminários Avançados sobre a Modernidade - Palestra proferida por Ricardo Lísias; neste sábado, às 15h. Na Casa da Palavra - praça do Carmo, 171, Sto.André. Tel.: 4992-7218. Aos sábados, das 15h às 18h. Entrada franca. Até 10 de dezembro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Virginia Woolf é tema de palestra

Cássio Gomes Neves
Do Diário do Grande ABC

10/09/2005 | 07:59


Os Seminários Avançados sobre a Modernidade - Literatura e Filosofia do Século XX avançam para sua quarta semana com o debate de sábado. O tema é a obra de uma escritora elementar para a literatura feminina, bem como para a literatura desgarrada do realismo que regeu as letras até os anos 20 do século passado. Virginia Woolf (1882-1941), autora britânica de Mrs. Dalloway (1925) e Rumo ao Farol (1927), monopolizará as atenções do professor e palestrante Ricardo Lísias, a partir das 15h de sábado em Santo André.

Um texto-base, Tudo Muito Normal, trabalho fundamental para o melhor entendimento da palestra de Lísias, pode ser lido no site do Diário (

\r\n\r\n

A ordem, segundo o professor, é evitar uma exegese pela via do feminismo pura e simplesmente, do mesmo modo que a dissociação da leitura embalada pela biografia de Virginia - acometida por depressão, tentou o suicídio em mais de uma ocasião, até morrer por afogamento após atirar-se em um rio.

\r\n\r\n

"Vamos tentar analisar como a imagem de Virginia foi construída a partir desse histórico de depressão e como, por causa disso, muitos aspectos literários dela foram esquecidos", afirma Lísias. "No filme As Horas (dirigido por Stephen Daldry e no qual Nicole Kidman interpreta a escritora), ela era representada como uma mulher frágil, fraca. Não era bem assim".

\r\n\r\n

Outra frente pela qual Lísias pretende atacar é a do fluxo de consciência, um recurso lingüístico que abandona a linearidade da narrativa rumo ao discurso interior e psicológico dos personagens, e usado em larga escala por Virginia e pelo irlandês James Joyce (de Ulisses), autor já contemplado nos Seminários.

\r\n\r\n

Após Virginia Woolf, os Seminários discutirão, dia 17, o escritor tcheco de língua alemã Franz Kafka. Texto-base sobre o autor será publicado no Diário na próxima terça-feira (13).

\r\n\r\n

Seminários Avançados sobre a Modernidade - Palestra proferida por Ricardo Lísias; neste sábado, às 15h. Na Casa da Palavra - praça do Carmo, 171, Sto.André. Tel.: 4992-7218. Aos sábados, das 15h às 18h. Entrada franca. Até 10 de dezembro.

\r\n\r\n

Reality show vê produção de curta",1]);//--> www.dgabc.com.br).

Para este seminário, Lísias tangenciará o senso comum que guia a leitura da obra de Virginia e as limitações de interpretação disso resultantes.

A ordem, segundo o professor, é evitar uma exegese pela via do feminismo pura e simplesmente, do mesmo modo que a dissociação da leitura embalada pela biografia de Virginia - acometida por depressão, tentou o suicídio em mais de uma ocasião, até morrer por afogamento após atirar-se em um rio.

"Vamos tentar analisar como a imagem de Virginia foi construída a partir desse histórico de depressão e como, por causa disso, muitos aspectos literários dela foram esquecidos", afirma Lísias. "No filme As Horas (dirigido por Stephen Daldry e no qual Nicole Kidman interpreta a escritora), ela era representada como uma mulher frágil, fraca. Não era bem assim".

Outra frente pela qual Lísias pretende atacar é a do fluxo de consciência, um recurso lingüístico que abandona a linearidade da narrativa rumo ao discurso interior e psicológico dos personagens, e usado em larga escala por Virginia e pelo irlandês James Joyce (de Ulisses), autor já contemplado nos Seminários.

Após Virginia Woolf, os Seminários discutirão, dia 17, o escritor tcheco de língua alemã Franz Kafka. Texto-base sobre o autor será publicado no Diário na próxima terça-feira (13).

Seminários Avançados sobre a Modernidade - Palestra proferida por Ricardo Lísias; neste sábado, às 15h. Na Casa da Palavra - praça do Carmo, 171, Sto.André. Tel.: 4992-7218. Aos sábados, das 15h às 18h. Entrada franca. Até 10 de dezembro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;