Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Construção gera 1.131 vagas na região

São Bernardo é a cidade com o maior número de postos de trabalho no setor


Erica Martin

25/04/2012 | 06:50


Em março, o setor de construção civil gerou 1.131 empregos nas cidades do Grande ABC, segundo levantamento feito pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) em parceria com a FGV (Fundação Getulio Vargas). O montante significa avanço de 234% em relação a fevereiro quando foram contabilizados 339 postos de trabalho. "Não há nenhum fator específico que explique o avanço no número de postos de trabalho. O setor tem muitas oscilações de um mês para o outro quando uma obra pode começar ou terminar", contou o diretor da regional Santo André do SindusCon-SP, Sergio Ferreira dos Santos.

Já o número total de postos de trabalho, nos sete municípios, subiu de 47.366 em março para 48.497 em fevereiro, crescimento de 2,39%. A variação foi maior do que a registrada na cidade de São Paulo, onde o avanço no número de empregos foi de 1,44% no mesmo período, com 4.453 novas vagas. De acordo com Santos, a construção de imóveis residênciais é o principal destaque da região. Muitas construtoras e incorporadoras da Capital estão direcionando seus lançamentos para outras cidades e o Grande ABC faz parte desta estratégia. "Construtoras divulgam seus lançamentos lá para os paulistanos morarem aqui", completou.

Além disso, o custo do terreno e o valor de venda dos imóveis na região são menores em relação a São Paulo, onde a demanda pelos empreendimentos ainda é maior - o que atrai mais gente para cá.

POR CIDADE - São Bernardo é a cidade que mais oferece empregos formais no setor com 15.414 postos. Em seguida está São Caetano (11.234), Santo André (10.321) , Diadema (5.282), Mauá (5.043), Ribeirão Pires (800) e Rio Grande da Serra (403).

No Brasil, o nível de emprego na construção acelerou 1,23% em relação à fevereiro, com saldo positivo de 40.110 novos postos de trabalho. No acumulado dos últimos 12 meses o setor registrou expansão de 8,14%, com 248.154 contratações.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Construção gera 1.131 vagas na região

São Bernardo é a cidade com o maior número de postos de trabalho no setor

Erica Martin

25/04/2012 | 06:50


Em março, o setor de construção civil gerou 1.131 empregos nas cidades do Grande ABC, segundo levantamento feito pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) em parceria com a FGV (Fundação Getulio Vargas). O montante significa avanço de 234% em relação a fevereiro quando foram contabilizados 339 postos de trabalho. "Não há nenhum fator específico que explique o avanço no número de postos de trabalho. O setor tem muitas oscilações de um mês para o outro quando uma obra pode começar ou terminar", contou o diretor da regional Santo André do SindusCon-SP, Sergio Ferreira dos Santos.

Já o número total de postos de trabalho, nos sete municípios, subiu de 47.366 em março para 48.497 em fevereiro, crescimento de 2,39%. A variação foi maior do que a registrada na cidade de São Paulo, onde o avanço no número de empregos foi de 1,44% no mesmo período, com 4.453 novas vagas. De acordo com Santos, a construção de imóveis residênciais é o principal destaque da região. Muitas construtoras e incorporadoras da Capital estão direcionando seus lançamentos para outras cidades e o Grande ABC faz parte desta estratégia. "Construtoras divulgam seus lançamentos lá para os paulistanos morarem aqui", completou.

Além disso, o custo do terreno e o valor de venda dos imóveis na região são menores em relação a São Paulo, onde a demanda pelos empreendimentos ainda é maior - o que atrai mais gente para cá.

POR CIDADE - São Bernardo é a cidade que mais oferece empregos formais no setor com 15.414 postos. Em seguida está São Caetano (11.234), Santo André (10.321) , Diadema (5.282), Mauá (5.043), Ribeirão Pires (800) e Rio Grande da Serra (403).

No Brasil, o nível de emprego na construção acelerou 1,23% em relação à fevereiro, com saldo positivo de 40.110 novos postos de trabalho. No acumulado dos últimos 12 meses o setor registrou expansão de 8,14%, com 248.154 contratações.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;