Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Escola recebe visita de Janeth e do time andreense de basquete

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ação faz parte do LBF Social e tem como um dos principais objetivos fomentar a modalidade entre os estudantes dos colégios municipais


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

30/05/2019 | 07:00


Os alunos da Emeief (Escola Municipal de Ensino Infantil e Ensino Fundamental) Elisabete Leonardi, na Vila Guarani, em Santo André, tiveram dia diferente ontem. Eles receberam a visita do time da cidade que disputa a LBF (Liga de Basquete Feminino) e também da ex-jogadora Janeth Arcain. A ação faz parte do LBF Social, exigência aos clubes que participam da competição e que precisam, pelo menos uma vez por ano, realizar trabalho na comunidade na qual está envolvida.

Santo André é referência. Desde o Jogo das Estrelas, disputado em abril de 2018, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, elaborou projeto para inserir o basquete nas escolas municipais e aproveitar a participação da equipe na Liga como inspiração. Esse, aliás, era sonho da ex-treinadora Laís Elena, que morreu em março, e da diretora da modalidade, Arilza Coraça, que visitou as escolas-alvos ao lado de Luciane Moscaleski, coordenadora do projeto do Centro de Formação Esportiva.

A ação ganhou apoio do IJA (Instituto Janeth Arcain), mantido pela ex-jogadora, e neste ano atua em duas das 51 Emeiefs da cidade, com aulas de iniciação no contraturno escolar, contemplando 120 estudantes de 8 a 11 anos. Responsáveis pelas aulas, os professores de educação física foram capacitados e recebem acompanhamento do IJA.

“Desde o Jogo das Estrelas de 2018 começamos a desenhar essas ações. Percebemos que o instituto da Janeth tinha os mesmos ideais e começamos a conversar. Tinham escolas que assistiam aos jogos e procuramos aproximar com ações como essa, de trazer o time para dentro do colégio. Aproveitamos para contextualizar nas aulas de educação física, quando as professoras pesquisam sobre a modalidade. Começamos com programa piloto de oferecer uma hora de basquete duas vezes por semana depois do horário de aula em duas escolas”, explicou a coordenadora de Educação Física da Secretaria de Educação, Fabiana Morgado Gomes.

Ovacionada quando entrou na quadra, Janeth elogiou a iniciativa. “É sempre gostoso falar com as crianças, fazer com que elas tenham essa pequena vivência com as meninas da equipe. Todo trabalho quando você une a educação e o esporte é muito positivo. Através dessa semente podemos alcançar mais jovens, mais crianças no futuro”, projetou.

Pivô da equipe andreense, Bárbara também mostrou satisfação ao conversar e bater bola com os alunos. “Essa energia é necessária, você vê no olhar deles a pureza. Comecei a jogar na escola e não tem nada mais gratificante do que isso, voltar às origens. Fico até arrepiada de lembrar. Fomentar o esporte é muito importante, ainda mais agora com a Janeth na causa”, enfatizou. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;