Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ministro afirma que se expressou mal sobre teste nuclear



08/04/2013 | 05:39


O ministro da Unificação da Coreia do Sul, Ryoo Kihl-jae, disse que ele se expressou mal quando disse a parlamentares mais cedo que há um "indício" de que a Coreia do Norte está se preparando para um teste nuclear.

Quando um parlamentar perguntou mais cedo nesta segunda-feira se havia um indício de aumento de pessoal e veículos no local de teste nuclear do Norte, Ryoo Kihl-jae disse "existe tal indício". Ele afirmou que não poderia dizer mais porque isso envolvia inteligência confidencial.

Os comentários foram gravados em vídeo, mas Ryoo afirmou mais tarde aos parlamentares que não conseguia se lembrar de tê-los feito e que não teve a intenção de dizê-los. Ele afirmou que estava assustado com as notícias que levavam seus comentários anteriores. As informações são da Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ministro afirma que se expressou mal sobre teste nuclear


08/04/2013 | 05:39


O ministro da Unificação da Coreia do Sul, Ryoo Kihl-jae, disse que ele se expressou mal quando disse a parlamentares mais cedo que há um "indício" de que a Coreia do Norte está se preparando para um teste nuclear.

Quando um parlamentar perguntou mais cedo nesta segunda-feira se havia um indício de aumento de pessoal e veículos no local de teste nuclear do Norte, Ryoo Kihl-jae disse "existe tal indício". Ele afirmou que não poderia dizer mais porque isso envolvia inteligência confidencial.

Os comentários foram gravados em vídeo, mas Ryoo afirmou mais tarde aos parlamentares que não conseguia se lembrar de tê-los feito e que não teve a intenção de dizê-los. Ele afirmou que estava assustado com as notícias que levavam seus comentários anteriores. As informações são da Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;