Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Região oferece reforço da
vacina aos adultos

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Quatro cidades passam a aplicar a dose suplementar após cinco meses do segundo imunizante


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

18/11/2021 | 08:33


Quatro das sete cidades do Grande ABC já disponibilizam a dose de reforço da vacina contra a Covid para moradores com 18 anos ou mais que receberam o segundo imunizante há cinco meses – as exceções são Santo André, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. O reforço para todos os adultos foi anunciado na terça-feira pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e ontem pelo governador João Doria (PSDB), que garantiu que São Paulo tem doses suficientes para atender à demanda.

Em São Bernardo a Prefeitura estima que 37 mil moradores serão beneficiados imediatamente com o reforço vacinal. Na cidade é necessário fazer o agendamento no site <CF51>www.saobernardo.sp.gov.br/web/coronavirus</CF> para garantir a dose.

A administração de São Caetano informou que abre hoje o agendamento do reforço nas mesmas condições anunciadas pelos governos estadual e federal. Em Diadema, os imunizantes já estão liberados nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da cidade por livre demanda, ou seja, sem a necessidade de agendamento prévio. Mauá também disponibiliza o reforço da vacina para os moradores com 18 anos ou mais nas 23 UBSs do municípios.</CS>

A Prefeitura de Ribeirão Pires informou que aguarda novas doses que serão enviadas pelo governo do Estado com previsão de chegada para hoje. Caso tudo ocorra dentro do esperado o reforço será oferecido a partir de sexta-feira. As administrações de Santo André e Rio Grande da Serra não responderam até o fechamento desta edição.

Em todas as cidades, além dos documentos de identificação com foto e CPF, é necessário apresentar também o comprovante das duas primeiras doses com prazo de, no mínimo, cinco meses.

A dose adicional era recomendada apenas a quem tinha mais de 60 anos de idade, aos profissionais da saúde e imunossuprimidos, com um intervalo de seis meses. Com a mudança, 710 mil pessoas em todo o Estado já estão aptas a receber a dose adicional do imunizante. Até o momento, 3,6 milhões de pessoas já tomaram a dose adicional e outras 2,4 milhões com esquema completo já podem receber a dose de reforço.

“Neste momento podem se vacinar quem tomou a segunda dose entre janeiro e junho, pois já estão com intervalo de cinco meses. Assim, em dezembro, quem tomou a segunda dose em julho já poderá receber a dose adicional”, destacou Regiane de Paula, Coordenadora do PEI.

Segundo o governo federal, quem tomou a dose única da Janssen deverá tomar segunda dose após oito semanas e, após cinco meses de completar o ciclo vacinal, já poderá receber a dose de reforço. O Estado, porém, não conta com estoque deste imunizante e aguarda o envio de doses do Ministério da Saúde para definir a adesão às novas diretrizes com relação a esta vacina. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;