Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Morando segue flerte com o MDB


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

17/09/2021 | 00:53


Nesta semana, novas movimentações de bastidores trouxeram força à eventual candidatura a vice-governador do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB). Ele e a deputada estadual Carla Morando (PSDB), sua mulher, estiveram em reunião com a senadora Simone Tebet (MDB-MS). Há algumas semanas, Morando se reuniu com o ex-presidente Michel Temer (MDB). Os passos de aproximação com o MDB convergem com dois pontos tratados nas coxias do Palácio dos Bandeirantes: que o candidato a vice na provável chapa encabeçada por Rodrigo Garcia (PSDB) virá do MDB, que comanda a Capital, com Ricardo Nunes, e que Morando está disposto a sair do tucanato para ir ao núcleo emedebista para reforçar a chapa. Alguns trunfos do prefeito são-bernardense são a proximidade e confiança do governador João Doria (PSDB), fiador da candidatura de Rodrigo Garcia, ser administrador de uma das maiores cidades do Estado e ser conhecedor dos meandros da montagem de campanhas eleitorais.

Desfiliação
Prefeiturável do partido Novo em São Caetano na eleição do ano passado, Mário Bohm anunciou sua desfiliação da legenda. Ele cita que a saída da sigla tem como base o fato de o presidente nacional do Novo e ex-presidenciável, João Amoêdo, impedir a expressão de pensamentos divergentes dos dele dentro do partido. “Divergir do dono do partido não quer dizer que somos a favor desse ou daquele político. Infelizmente o Novo se perdeu e age como partido qualquer”, reclamou Bohm. No ano passado, Bohm terminou a eleição na terceira posição, com 8.615 votos (9,1% do total).

Resposta do vídeo – 1
O secretário de Segurança Pública de Santo André, Edson Sardano (PSD), entrou em contato com a coluna para dar sua versão ao polêmico vídeo que circula nas redes sociais no qual ele associa bissexualismo com promiscuidade. Ele disse que houve edição de uma fala de 15 minutos dentro de um contexto religioso do debate. “Eu, palestrante espírita, começo enaltecendo a família, enfatizando, inclusive, a homoafetiva, estimulando ainda a adoção de filhos por casais do mesmo sexo”, comentou o pessedista.

Resposta do vídeo – 2
“Abordo a bissexualidade quando esclareço textualmente que refiro-me ao comportamento promíscuo de troca de parceiros, ''ora com um, ora com outro sexo'', o que realmente deu ensejo a uma interpretação generalizante, o que fica descartado completamente ao longo da fala e que aproveito esta oportunidade para corrigir. Concluo a fala no vídeo exortando o exemplo do Cristo, recomendando não julgar, expressão repetida enfaticamente”, prosseguiu Sardano, dizendo que foi uma das “primeiras vozes dentro da doutrina espírita a defender a união homoafetiva em livros, artigos e palestras há pelo menos 30 anos. “Presidi a sessão solene do Orgulho LGBT em 2013, quando ninguém mais aceitou. Lamento o uso político de uma manifestação religiosa.”

Agenda
O vereador Leonardo Alves (PSDB), de Mauá, fez agendas no governo do Estado nesta semana. Esteve com o secretário paulista de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi (PSDB), e com o presidente da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), Pedro Tegon Moro, para pedir reforma da Estação Guapituba da Linha 10-Turquesa.

Posição
Antigo partido de Claudinho da Geladeira (PSDB), o PT de Rio Grande da Serra divulgou nota sobre toda celeuma jurídica instalada na cidade – com afastamento do tucano e recondução dele ao Paço. “Neste momento de crise política aguda na cidade, o PT de Rio Grande da Serra lamenta que a situação tenha chegado a tal ponto e que as acusações de improbidade administrativa sejam apuradas de forma justa e com o amplo direito de defesa assegurado. Até agora, o mandato do prefeito não vinha trazendo resultados satisfatórios para a população e a sua flagrante inabilidade política contribuiu em muito para essa crise institucional.”

Pedido
Autor da lei que pede a criação de campanhas de prevenção ao suicídio, o vereador Rodolfo Donetti (Cidadania), de Santo André, reforçou a necessidade da ação depois que um policial militar com 30 anos de atuação tirou a própria vida recentemente. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;