Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Do grupo ou não?

Sempre que tem oportunidade, a vice-prefeita de Rio Grande da Serra, Helenice Arruda (PTB), faz questão de dizer que faz parte do mesmo


Do Diário do Grande ABC

08/05/2010 | 00:00


Sempre que tem oportunidade, a vice-prefeita de Rio Grande da Serra, Helenice Arruda (PTB), faz questão de dizer que faz parte do mesmo grupo político do chefe do Executivo municipal. Tanto que ela tenta assegurar a vaga, em 2012, para concorrer à sucessão do tucano. Mas, na eleição de outubro, os dois não estarão na mesma chapa. Helenice irá apoiar o vice-prefeito de São Bernardo, Frank Aguiar (PTB), que tenta garantir novamente cargo de deputado federal. A grande questão é que Frank não esconde de ninguém que é um político totalmente ‘Lulista' e estará nos palanques de Dilma Rousseff (PT) para Presidência e Aloizio Mercadante (PT). Já Kiko ficará com o deputado estadual Orlando Morando (PSDB), que busca a reeleição, e o ex-prefeito de São Bernardo William Dib (PSDB), que planeja se eleger deputado federal. Além disso, em 2004, quando Kiko e Helenice foram reeleitos, Frank apoiou o petista Carlos Augusto César, o Cafu. Do jeito que vai, o palanque de Kiko para Helenice daqui a dois anos vai ficar pequenininho, pequenininho...

Bastidores

A fila anda
Em 2008, o PSDC, presidido por José Maria Eymael - famoso pelo enjoativo jingle de sempre - apoiou o tucano Geraldo Alckmin para prefeito. Mas alguns meses se passaram e a maré dos sociais-democratas mudou. Para surpresa de muitos, na segunda-feira o partido anuncia apoio à pré-candidatura de Aloizio Mercadante (PT) ao governo. Até na legenda, teve quem não entendeu a mudança de barco.

Ônibus tucanos
O deputado estadual Orlando Morando (PSDB-São Bernardo) irá levar dois ônibus para o ato, que ocorre hoje, no Expo Center Norte, de lançamento da pré-candidatura de Alckmin ao governo. São esperadas 5.000 pessoas.

E pode?
Estranhamente, o pré-candidato a deputado federal Hélcio da Silva (PT-Mauá) participou de reunião com entidades sociais, na Prefeitura, para falar das ações que executava enquanto comandava a Secretaria de Obras. O problema é que ele já deixou o posto há algum tempo. Olho vivo, Justiça Eleitoral!



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Do grupo ou não?

Sempre que tem oportunidade, a vice-prefeita de Rio Grande da Serra, Helenice Arruda (PTB), faz questão de dizer que faz parte do mesmo

Do Diário do Grande ABC

08/05/2010 | 00:00


Sempre que tem oportunidade, a vice-prefeita de Rio Grande da Serra, Helenice Arruda (PTB), faz questão de dizer que faz parte do mesmo grupo político do chefe do Executivo municipal. Tanto que ela tenta assegurar a vaga, em 2012, para concorrer à sucessão do tucano. Mas, na eleição de outubro, os dois não estarão na mesma chapa. Helenice irá apoiar o vice-prefeito de São Bernardo, Frank Aguiar (PTB), que tenta garantir novamente cargo de deputado federal. A grande questão é que Frank não esconde de ninguém que é um político totalmente ‘Lulista' e estará nos palanques de Dilma Rousseff (PT) para Presidência e Aloizio Mercadante (PT). Já Kiko ficará com o deputado estadual Orlando Morando (PSDB), que busca a reeleição, e o ex-prefeito de São Bernardo William Dib (PSDB), que planeja se eleger deputado federal. Além disso, em 2004, quando Kiko e Helenice foram reeleitos, Frank apoiou o petista Carlos Augusto César, o Cafu. Do jeito que vai, o palanque de Kiko para Helenice daqui a dois anos vai ficar pequenininho, pequenininho...

Bastidores

A fila anda
Em 2008, o PSDC, presidido por José Maria Eymael - famoso pelo enjoativo jingle de sempre - apoiou o tucano Geraldo Alckmin para prefeito. Mas alguns meses se passaram e a maré dos sociais-democratas mudou. Para surpresa de muitos, na segunda-feira o partido anuncia apoio à pré-candidatura de Aloizio Mercadante (PT) ao governo. Até na legenda, teve quem não entendeu a mudança de barco.

Ônibus tucanos
O deputado estadual Orlando Morando (PSDB-São Bernardo) irá levar dois ônibus para o ato, que ocorre hoje, no Expo Center Norte, de lançamento da pré-candidatura de Alckmin ao governo. São esperadas 5.000 pessoas.

E pode?
Estranhamente, o pré-candidato a deputado federal Hélcio da Silva (PT-Mauá) participou de reunião com entidades sociais, na Prefeitura, para falar das ações que executava enquanto comandava a Secretaria de Obras. O problema é que ele já deixou o posto há algum tempo. Olho vivo, Justiça Eleitoral!

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;