Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Al Qaeda pode ter trocado dinheiro por pedras preciosas


Das Agências

23/05/2002 | 00:01


A rede terrorista Al Qaeda, do fundamentalista islâmico Osama Bin Laden, pode ter trocado suas reservas em dinheiro por pedras preciosas e ouro, além de estar usando a internet para evitar o congelamento de seus bens. A informação é de especialistas da ONU (Organização das Nações Unidas).

Em um relatório enviado ao Conselho de Segurança da ONU, os especialistas disseram que todos os países que comercializam diamantes devem se unir ao processo Kimberley, para criar um registro internacional de pedras preciosas.

Este grupo de investigação admitiu que não tem como provar esta denúncia e nem dados estimados sobre a quantidade de fundos que acreditam que a Al Qaeda teria trocado por pedras como diamantes e safiras.

"Outra maneira dos criminosos e terroristas movimentarem seu dinheiro sem serem detectados é a internet", indica o relatório. Os especialistas garantem estar "particularmente preocupados com o uso da internet pela Al Qaeda e seus parceiros" para comunicações, diretrizes, controle e logística.

O grupo de vigilância foi estabelecido em janeiro para cumprir a resolução 1390 do Conselho, que impôs sanções ao Talibã e a Al Qaeda que devem ser cumpridas por todos os membros da ONU.

"Como resultado destas ordens foram bloqueados US$ 103,8 milhões no mundo desde 11 de setembro", indica o relatório, acrescentando que esse valor equivale apenas a 0,02% do dinheiro lavado no mundo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Al Qaeda pode ter trocado dinheiro por pedras preciosas

Das Agências

23/05/2002 | 00:01


A rede terrorista Al Qaeda, do fundamentalista islâmico Osama Bin Laden, pode ter trocado suas reservas em dinheiro por pedras preciosas e ouro, além de estar usando a internet para evitar o congelamento de seus bens. A informação é de especialistas da ONU (Organização das Nações Unidas).

Em um relatório enviado ao Conselho de Segurança da ONU, os especialistas disseram que todos os países que comercializam diamantes devem se unir ao processo Kimberley, para criar um registro internacional de pedras preciosas.

Este grupo de investigação admitiu que não tem como provar esta denúncia e nem dados estimados sobre a quantidade de fundos que acreditam que a Al Qaeda teria trocado por pedras como diamantes e safiras.

"Outra maneira dos criminosos e terroristas movimentarem seu dinheiro sem serem detectados é a internet", indica o relatório. Os especialistas garantem estar "particularmente preocupados com o uso da internet pela Al Qaeda e seus parceiros" para comunicações, diretrizes, controle e logística.

O grupo de vigilância foi estabelecido em janeiro para cumprir a resolução 1390 do Conselho, que impôs sanções ao Talibã e a Al Qaeda que devem ser cumpridas por todos os membros da ONU.

"Como resultado destas ordens foram bloqueados US$ 103,8 milhões no mundo desde 11 de setembro", indica o relatório, acrescentando que esse valor equivale apenas a 0,02% do dinheiro lavado no mundo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;