Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Maradona tem intençoes de ser técnico do Barcelona


Do Diário do Grande ABC

29/05/2000 | 09:31


O ex-craque argentino Diego Armando Maradona afirmou, nesta segunda-feira, numa entrevista ao jornal esportivo espanhol Marca, que seu grande sonho é dirigir o Barcelona.

``Falando sério: meu grande sonho é dirigir o Barcelona, ainda mais agora, com Núñez (presidente demissionário) fora do clube'', declarou Maradona, 39 anos, que defendeu as cores do clube catalao no começo dos anos 80.

``Sei que tenho apenas uma possibilidade em 100, mas se for dada esta única possibilidade, me agarro assim e nao solto'', afirmou `Pibe de oro', numa entrevista em Munique (Alemanha), onde na sexta-feira participou da partida de despedida do veterano meia alemao Lothar Matthaeus, do Bayern.

Maradona agradeceu ao público alemao os aplausos que recebeu na partida de homenagem a Matthaeus. ``A resposta do público me surpreendeu e me emocionou muito. E olha que os alemaes têm a fama de frios e cerebrais. Pois aqui demonstraram que nao'', disse, aproveitando a oportunidade para pedir desculpas à torcida por sua má forma física.

``Joguei com Matthaeus o melhor que pude. Queria ter entrado em melhor forma, mas foi impossível porque meu coraçao nao permitia maior esforço'', comentou. ``Gostaria de estar mais magro, mas corria o risco de dar um passo atrás em minha recuperaçao e isso nao pode acontecer''.

Após dois dias de hospedagem em Munique com sua filha Giannina, que diz ser sua nova ``droga'', Maradona assegurou: ``me encontro muito bem, com vontade de voltar a esta vida que me resta, tenho imenso interesse em dirigir uma equipe grande, uma equipe onde eu possa passar toda a experiência que tenho, o futebol que levo dentro de mim''.

Maradona, que deve prosseguir em Cuba sua desintoxicaçao da cocaína, revelou ao jornal Marca que esteve prestes a treinar o Atlético Madrid há um ano. ``Gil (Jesús Gil y Gil) me chamou na temporada passada, mas depois voltou atrás e acabou falando mal de mim. Foi uma pena, porque cheguei a acreditar que iria para o Atletico'', disse o ex-jogador. ``Ainda me resta muito a contribuir para o futebol e também para a vida'', afirmou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Maradona tem intençoes de ser técnico do Barcelona

Do Diário do Grande ABC

29/05/2000 | 09:31


O ex-craque argentino Diego Armando Maradona afirmou, nesta segunda-feira, numa entrevista ao jornal esportivo espanhol Marca, que seu grande sonho é dirigir o Barcelona.

``Falando sério: meu grande sonho é dirigir o Barcelona, ainda mais agora, com Núñez (presidente demissionário) fora do clube'', declarou Maradona, 39 anos, que defendeu as cores do clube catalao no começo dos anos 80.

``Sei que tenho apenas uma possibilidade em 100, mas se for dada esta única possibilidade, me agarro assim e nao solto'', afirmou `Pibe de oro', numa entrevista em Munique (Alemanha), onde na sexta-feira participou da partida de despedida do veterano meia alemao Lothar Matthaeus, do Bayern.

Maradona agradeceu ao público alemao os aplausos que recebeu na partida de homenagem a Matthaeus. ``A resposta do público me surpreendeu e me emocionou muito. E olha que os alemaes têm a fama de frios e cerebrais. Pois aqui demonstraram que nao'', disse, aproveitando a oportunidade para pedir desculpas à torcida por sua má forma física.

``Joguei com Matthaeus o melhor que pude. Queria ter entrado em melhor forma, mas foi impossível porque meu coraçao nao permitia maior esforço'', comentou. ``Gostaria de estar mais magro, mas corria o risco de dar um passo atrás em minha recuperaçao e isso nao pode acontecer''.

Após dois dias de hospedagem em Munique com sua filha Giannina, que diz ser sua nova ``droga'', Maradona assegurou: ``me encontro muito bem, com vontade de voltar a esta vida que me resta, tenho imenso interesse em dirigir uma equipe grande, uma equipe onde eu possa passar toda a experiência que tenho, o futebol que levo dentro de mim''.

Maradona, que deve prosseguir em Cuba sua desintoxicaçao da cocaína, revelou ao jornal Marca que esteve prestes a treinar o Atlético Madrid há um ano. ``Gil (Jesús Gil y Gil) me chamou na temporada passada, mas depois voltou atrás e acabou falando mal de mim. Foi uma pena, porque cheguei a acreditar que iria para o Atletico'', disse o ex-jogador. ``Ainda me resta muito a contribuir para o futebol e também para a vida'', afirmou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;