Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Aberta a temporada de milionários leilões internacionais em NY


Da AFP

02/05/2006 | 08:33


Começa nesta terça-feira em Nova York a temporada de grandes leilões com a venda de artistas impressionistas e modernos. Um quadro de Pablo Picasso avaliado em US$ 50 milhões, e outro de Vincent Van Gogh, estimado US$ 40 milhões são os destaques.

A tela de Picasso Dora Maar com Gato, pintada em 1941, é um dos maiores retratos (120cm de altura por 94cm de largura) da mulher que foi amante e musa inspiradora do pintor andaluz.

O quadro não foi visto durante 40 anos e, segundo o vice-presidente da Sotheby's, Charles Moffet, “é um dos mais extraordinários retratos de uma mulher que foi sua musa durante quase uma década”. A tela será posta à venda no leilão de arte moderna e impressionista dessa casa, nesta quarta-feira.

Nesta terça-feira, a Christie's colocará à venda A Arlesiana, Madame Ginoux, de Van Gogh, o mais importante dos cinco óleos que o holandês pintou em fevereiro de 1890 para seu amigo da época e também pintor Paul Gauguin. Trata-se de um retrato de Marie Ginoux, a proprietária de um café em Arlés (sul da França) que os artistas costumavam freqüentar.

Foi pintada em um período especialmente melancólico de Van Gogh, depois de que a intensa colaboração entre ele e Gauguin acabou abruptamente e quando estava recluso em uma instituição para doentes mentais.

Durante sua permanência em Arles, os dois artistas usaram vizinhos como modelos e foi assim que convenceram Marie Ginoux para que posasse para uma série de esboços.

No retrato, Van Gogh se distanciou de seu estilo para se aproximar do amigo. “Tentei ser fiel a seu modo de desenhar, levando a liberdade de interpretar”, escreveu Van Gogh a Gauguin.

A outra grande fase de leilões será a venda de arte contemporânea. Está na lista uma tela do artista pop nova-iorquino Roy Lichtenstein (preço mado em US$ 20 milhões). Andy Warhol também estará presente com um quadro de suas famosas latas de sopa Campbell, cujo valor foi estimado em US$ 15 milhões.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Aberta a temporada de milionários leilões internacionais em NY

Da AFP

02/05/2006 | 08:33


Começa nesta terça-feira em Nova York a temporada de grandes leilões com a venda de artistas impressionistas e modernos. Um quadro de Pablo Picasso avaliado em US$ 50 milhões, e outro de Vincent Van Gogh, estimado US$ 40 milhões são os destaques.

A tela de Picasso Dora Maar com Gato, pintada em 1941, é um dos maiores retratos (120cm de altura por 94cm de largura) da mulher que foi amante e musa inspiradora do pintor andaluz.

O quadro não foi visto durante 40 anos e, segundo o vice-presidente da Sotheby's, Charles Moffet, “é um dos mais extraordinários retratos de uma mulher que foi sua musa durante quase uma década”. A tela será posta à venda no leilão de arte moderna e impressionista dessa casa, nesta quarta-feira.

Nesta terça-feira, a Christie's colocará à venda A Arlesiana, Madame Ginoux, de Van Gogh, o mais importante dos cinco óleos que o holandês pintou em fevereiro de 1890 para seu amigo da época e também pintor Paul Gauguin. Trata-se de um retrato de Marie Ginoux, a proprietária de um café em Arlés (sul da França) que os artistas costumavam freqüentar.

Foi pintada em um período especialmente melancólico de Van Gogh, depois de que a intensa colaboração entre ele e Gauguin acabou abruptamente e quando estava recluso em uma instituição para doentes mentais.

Durante sua permanência em Arles, os dois artistas usaram vizinhos como modelos e foi assim que convenceram Marie Ginoux para que posasse para uma série de esboços.

No retrato, Van Gogh se distanciou de seu estilo para se aproximar do amigo. “Tentei ser fiel a seu modo de desenhar, levando a liberdade de interpretar”, escreveu Van Gogh a Gauguin.

A outra grande fase de leilões será a venda de arte contemporânea. Está na lista uma tela do artista pop nova-iorquino Roy Lichtenstein (preço mado em US$ 20 milhões). Andy Warhol também estará presente com um quadro de suas famosas latas de sopa Campbell, cujo valor foi estimado em US$ 15 milhões.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;