Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Relógio da imperatriz Josefina é vendido por mais de US$ 1,3 milhão


Da AFP

12/11/2007 | 20:23


Um relógio que pertenceu à imperatriz Josefina, mulher de Napoleão, foi vendido nesta segunda-feira por 1.505.000 francos suíços (US$ 1,32 milhões) em um leilão realizado em Genebra (Suíça).

O valor final do objeto se multiplicou por sete em relação ao preço de base. Seu comprador permaneceu no anonimato.

Fabricado em 1800, em ouro e diamantes, o objeto, de cor azul escuro, é um dos primeiros exemplares de relógios "táteis" inventados por Abraham Louis Breguet, em 1790. O sistema, com o relógio na parte externa, permitia ver a hora com um simples toque, em uma época em que se considerava descortês consultar a hora em público.

Segundo a casa Breguet, a estrutura em ouro foi pedida em 1799 por Josefina e, em 1804, depois que Napoleão foi coroado imperador, colocaram-se os diamantes e uma coroa. Anos mais tarde, Josefina deu o relógio de presente para sua filha Hortênsia de Beauharnais, e um "H" foi acrescentado à sua estrutura.

Josefina de Beauharnais (1763-1814) se casou com o general Napoleão Bonaparte em 1796, mas foi execrada em 1809 por não lhe dar um herdeiro.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;