Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara se rebela contra Saulo por falta de resposta do governo


Caio dos Reis
Especial para o Diário

29/05/2015 | 07:00


A Câmara de Ribeirão Pires mais uma vez se rebelou contra a administração do prefeito Saulo Benevides (PMDB). Pela segunda semana seguida, vereadores travaram a pauta e nenhum projeto foi apreciado.

Oficialmente, a bancada de sustentação alega que não há entendimento sobre algumas propostas de autoria do Executivo. Porém, nos bastidores, a manobra vem sendo tratada como uma maneira de a Casa pressionar o governo a responder os requerimentos e solicitações do Legislativo.

Sem nenhum projeto mais polêmico, a ordem do dia inteira foi adiada por duas sessões pelo líder do governo Saulo Benevides na Casa, Hércules Giarola (PR). O artigo que mais causa discussão, segundo o vereador, está relacionado à venda de bebidas alcoólicas na Vila do Doce.

“Estamos articulando para um melhor entendimento da Casa sobre esse projeto. Os outros quatro projetos que estavam na ordem não são urgentes”, argumentou Hércules.

Apesar da justificativa oficial de Hércules, as críticas e reclamações ao governo continuam no plenário.

PROTESTO
Sem votação e com a ordem do dia adiada, o protesto dos servidores públicos agitou a sessão de ontem. Os funcionários do Centro Profissionalizante Paulo Freire estiveram na Casa e afirmam que estão sendo vítimas de perseguição da secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Sônia Garcia.

Em nota, a Prefeitura afirmou que alguns servidores têm agido inadequadamente e que os remanejamentos são feitos por necessidade de outros departamentos. Ainda no documento, a Pasta diz estar aberta ao diálogo. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmara se rebela contra Saulo por falta de resposta do governo

Caio dos Reis
Especial para o Diário

29/05/2015 | 07:00


A Câmara de Ribeirão Pires mais uma vez se rebelou contra a administração do prefeito Saulo Benevides (PMDB). Pela segunda semana seguida, vereadores travaram a pauta e nenhum projeto foi apreciado.

Oficialmente, a bancada de sustentação alega que não há entendimento sobre algumas propostas de autoria do Executivo. Porém, nos bastidores, a manobra vem sendo tratada como uma maneira de a Casa pressionar o governo a responder os requerimentos e solicitações do Legislativo.

Sem nenhum projeto mais polêmico, a ordem do dia inteira foi adiada por duas sessões pelo líder do governo Saulo Benevides na Casa, Hércules Giarola (PR). O artigo que mais causa discussão, segundo o vereador, está relacionado à venda de bebidas alcoólicas na Vila do Doce.

“Estamos articulando para um melhor entendimento da Casa sobre esse projeto. Os outros quatro projetos que estavam na ordem não são urgentes”, argumentou Hércules.

Apesar da justificativa oficial de Hércules, as críticas e reclamações ao governo continuam no plenário.

PROTESTO
Sem votação e com a ordem do dia adiada, o protesto dos servidores públicos agitou a sessão de ontem. Os funcionários do Centro Profissionalizante Paulo Freire estiveram na Casa e afirmam que estão sendo vítimas de perseguição da secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Sônia Garcia.

Em nota, a Prefeitura afirmou que alguns servidores têm agido inadequadamente e que os remanejamentos são feitos por necessidade de outros departamentos. Ainda no documento, a Pasta diz estar aberta ao diálogo. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;