Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Rússia comemora centenário de Nabokov


Do Diário do Grande ABC

11/04/1999 | 14:21


Membros da comunidade literária internacional se reuniram neste sábado em Sao Petersburgo, a antiga capital russa onde nasceu há 100 anos o escritor Vladimir Nabokov. Entretanto, faltou às celebraçoes o filho do escritor, Dmitry Nabukov, que era esperado em Sao Petersburgo para o aniversário, mas que se desculpou alegando enfermidade.

A casa onde nasceu Nabokov foi preservada como museu e acaba de receber as últimas incorporaçoes, doadas por Dmitry: primeiras ediçoes em russo de livros de Nabokov, ou 50 borboletas que Nabokov, grande especialista em lepidópteros, que caçou e conservou durante as mais de duas décadas em que viveu na América do Norte.

Nabokov e sua família foram expulsos da Rússia pelos bolcheviques em 1917 e o escritor morou sucessivamente na Inglaterra, Alemanha e França, antes de instalar-se nos Estados Unidos, onde escreveu boa parte de sua obra e em particular sua novela de grande sucesso, Lolita, publicada em 1955.

Nabokov nasceu 100 anos depois de Alexander Pushkin, o prolífico poeta russo que tanto reverenciou. O autor de Lolita morreu na Suíça em 1977. Jamais voltou à Rússia depois da Revoluçao.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rússia comemora centenário de Nabokov

Do Diário do Grande ABC

11/04/1999 | 14:21


Membros da comunidade literária internacional se reuniram neste sábado em Sao Petersburgo, a antiga capital russa onde nasceu há 100 anos o escritor Vladimir Nabokov. Entretanto, faltou às celebraçoes o filho do escritor, Dmitry Nabukov, que era esperado em Sao Petersburgo para o aniversário, mas que se desculpou alegando enfermidade.

A casa onde nasceu Nabokov foi preservada como museu e acaba de receber as últimas incorporaçoes, doadas por Dmitry: primeiras ediçoes em russo de livros de Nabokov, ou 50 borboletas que Nabokov, grande especialista em lepidópteros, que caçou e conservou durante as mais de duas décadas em que viveu na América do Norte.

Nabokov e sua família foram expulsos da Rússia pelos bolcheviques em 1917 e o escritor morou sucessivamente na Inglaterra, Alemanha e França, antes de instalar-se nos Estados Unidos, onde escreveu boa parte de sua obra e em particular sua novela de grande sucesso, Lolita, publicada em 1955.

Nabokov nasceu 100 anos depois de Alexander Pushkin, o prolífico poeta russo que tanto reverenciou. O autor de Lolita morreu na Suíça em 1977. Jamais voltou à Rússia depois da Revoluçao.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;