Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 29 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Atentados matam nove em Bagdá e três em Najaf


Do Diário OnLine
Com AFP

25/12/2004 | 15:36


A explosão de um carro-bomba matou três e feriu outras duas pessoas neste sábado entre as cidades santas xiitas de Najaf e Kerbala. Na noite desta sexta-feira, em Bagdá, nove pessoas morreram e 19 ficaram feridas em um atentado com um caminhão-tanque perto da embaixada da Líbia.

O incidente foi registrado entre as duas cidades xiitas do centro do Iraque, abaladas em 19 de dezembro passado por atentados que causaram 66 mortes e deixaram quase 200 feridos, declarou o general Ghaleb al-Jazairi, que explicou que a explosão tinha como alvo um comboio do exército americano.

Em Bagdá, policiais retiravam os corpos das vítimas dos escombros de uma casa no local em que houve um atentado com caminhão-tanque, no bairro residencial de Mansur, zona oeste da capital.

Um capitão da polícia anunciou o fim das operações de busca. "No total foram encontrados oito corpos, o de um homem à noite, além de cinco mulheres e dois homens nesta manhã", disse.

Ahmed Mushtaq al-Jeburi, o dono da casa atingida, declarou que deixou a residência aos cuidados de sete membros da mesma família e que já não morava no local, pois tem outra moradia em Bagdá.

Ao observar o local do atentado, a impressão é a de que um terremoto afetou a região. Um policial disse que a explosão do tanque, carregado de gás, provocou uma bola de fogo que "fez a noite parecer dia".

O atentado de sexta-feira na capital aconteceu durante uma visita surpresa do secretário americano da Defesa, Donald Rumsfeld, ao Iraque. Ele reconheceu que os Estados Unidos tiveram fracassos no país árabe, mas destacou que os rebeldes iraquianos serão derrotados.

Na terça-feira, Mossul foi palco de um atentado suicida que custou a vida de 22 pessoas, incluindo 18 americanos. Outras 72 pessoas ficaram feridas, entre elas 51 soldados americanos.

O grupo Ansar al-Sunna, vinculado à Al-Qaeda, reivindicou o atentado e prometeu divulgar em breve detalhes sobre o ataque.

A cinco semanas das eleições de 30 de janeiro, um grupo de imames sunitas pediram o adiamento da votação.

O Papa João Paulo II se mostrou muito preocupado neste sábado com a situação no Iraque e no Oriente Médio em sua mensagem de Natal, lida na esplanada da basílica de São Pedro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Atentados matam nove em Bagdá e três em Najaf

Do Diário OnLine
Com AFP

25/12/2004 | 15:36


A explosão de um carro-bomba matou três e feriu outras duas pessoas neste sábado entre as cidades santas xiitas de Najaf e Kerbala. Na noite desta sexta-feira, em Bagdá, nove pessoas morreram e 19 ficaram feridas em um atentado com um caminhão-tanque perto da embaixada da Líbia.

O incidente foi registrado entre as duas cidades xiitas do centro do Iraque, abaladas em 19 de dezembro passado por atentados que causaram 66 mortes e deixaram quase 200 feridos, declarou o general Ghaleb al-Jazairi, que explicou que a explosão tinha como alvo um comboio do exército americano.

Em Bagdá, policiais retiravam os corpos das vítimas dos escombros de uma casa no local em que houve um atentado com caminhão-tanque, no bairro residencial de Mansur, zona oeste da capital.

Um capitão da polícia anunciou o fim das operações de busca. "No total foram encontrados oito corpos, o de um homem à noite, além de cinco mulheres e dois homens nesta manhã", disse.

Ahmed Mushtaq al-Jeburi, o dono da casa atingida, declarou que deixou a residência aos cuidados de sete membros da mesma família e que já não morava no local, pois tem outra moradia em Bagdá.

Ao observar o local do atentado, a impressão é a de que um terremoto afetou a região. Um policial disse que a explosão do tanque, carregado de gás, provocou uma bola de fogo que "fez a noite parecer dia".

O atentado de sexta-feira na capital aconteceu durante uma visita surpresa do secretário americano da Defesa, Donald Rumsfeld, ao Iraque. Ele reconheceu que os Estados Unidos tiveram fracassos no país árabe, mas destacou que os rebeldes iraquianos serão derrotados.

Na terça-feira, Mossul foi palco de um atentado suicida que custou a vida de 22 pessoas, incluindo 18 americanos. Outras 72 pessoas ficaram feridas, entre elas 51 soldados americanos.

O grupo Ansar al-Sunna, vinculado à Al-Qaeda, reivindicou o atentado e prometeu divulgar em breve detalhes sobre o ataque.

A cinco semanas das eleições de 30 de janeiro, um grupo de imames sunitas pediram o adiamento da votação.

O Papa João Paulo II se mostrou muito preocupado neste sábado com a situação no Iraque e no Oriente Médio em sua mensagem de Natal, lida na esplanada da basílica de São Pedro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;