Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santos volta a apostar nos garotos



31/01/2008 | 07:00


Sem muitas opções, o técnico Emerson Leão volta a apostar na garotada do Santos para se impor no confronto contra o Barueri, às 20h30 de hoje (Sportv), na Vila Belmiro, pelo Paulistão. Afinal, cinco jogadores saíram recentemente das categorias de base do Alvinegro e devem atuar: Adriano, Carleto, Alex, Alemão e Tiago Luís. A estratégia deu certo nos 2 a 0 sobre o Bragantino. O jovem atacante Tiago Luís, que já interessa ao futebol europeu, marcou os dois gols.

A primeira vitória significou um sinal de vida, mas o Santos continua longe das primeiras colocações. Até agora, ganhou apenas quatro pontos. Outro resultado favorável, especialmente no ambiente caseiro, é visto como obrigação no clube.

O detalhe, porém, é que Leão não terá o principal expediente do sistema ofensivo – o atacante Kléber Pereira, que não se recuperou de um problema no tornozelo direito. Alemão assume a vaga do titular mais experiente.

O último coletivo expôs as dúvidas de Leão. Na primeira fase dos trabalhos, o técnico manteve três zagueiros, mas tirou Filipi da lateral-direita para colocar Adriano. Além disso, confirmou o retorno do volante Marcinho Guerreiro, que cumpriu suspensão.

De repente, Leão resolveu alterar quase tudo. Ficaram apenas dois zagueiros. Carleto substituiu Anderson Salles para ocupar a ala-esquerda. Kléber passou a correr no meio-campo. Em seguida, o meia Alex e o atacante Fabiano ocuparam os lugares de Rodrigo Tabata e Alemão.

Aparentemente, o placar (1 a 1, gols de Kléber e Vítor Júnior) era o que menos interessava ao comandante. Segundo ele, o fundamental é melhorar o entrosamento na seqüência da temporada.

É provável que Alemão seja escalado. Porém, uma polêmica o envolveu nos últimos dias. Ele teria assinado contrato sem registro oficial. Na época (2006), era menor de idade. Tinha 16 anos. Ontem, o garoto negou que tivesse assinado qualquer documento.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santos volta a apostar nos garotos


31/01/2008 | 07:00


Sem muitas opções, o técnico Emerson Leão volta a apostar na garotada do Santos para se impor no confronto contra o Barueri, às 20h30 de hoje (Sportv), na Vila Belmiro, pelo Paulistão. Afinal, cinco jogadores saíram recentemente das categorias de base do Alvinegro e devem atuar: Adriano, Carleto, Alex, Alemão e Tiago Luís. A estratégia deu certo nos 2 a 0 sobre o Bragantino. O jovem atacante Tiago Luís, que já interessa ao futebol europeu, marcou os dois gols.

A primeira vitória significou um sinal de vida, mas o Santos continua longe das primeiras colocações. Até agora, ganhou apenas quatro pontos. Outro resultado favorável, especialmente no ambiente caseiro, é visto como obrigação no clube.

O detalhe, porém, é que Leão não terá o principal expediente do sistema ofensivo – o atacante Kléber Pereira, que não se recuperou de um problema no tornozelo direito. Alemão assume a vaga do titular mais experiente.

O último coletivo expôs as dúvidas de Leão. Na primeira fase dos trabalhos, o técnico manteve três zagueiros, mas tirou Filipi da lateral-direita para colocar Adriano. Além disso, confirmou o retorno do volante Marcinho Guerreiro, que cumpriu suspensão.

De repente, Leão resolveu alterar quase tudo. Ficaram apenas dois zagueiros. Carleto substituiu Anderson Salles para ocupar a ala-esquerda. Kléber passou a correr no meio-campo. Em seguida, o meia Alex e o atacante Fabiano ocuparam os lugares de Rodrigo Tabata e Alemão.

Aparentemente, o placar (1 a 1, gols de Kléber e Vítor Júnior) era o que menos interessava ao comandante. Segundo ele, o fundamental é melhorar o entrosamento na seqüência da temporada.

É provável que Alemão seja escalado. Porém, uma polêmica o envolveu nos últimos dias. Ele teria assinado contrato sem registro oficial. Na época (2006), era menor de idade. Tinha 16 anos. Ontem, o garoto negou que tivesse assinado qualquer documento.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;