Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 28 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Luxemburgo faz as pazes com presidente do Conselho



15/09/2009 | 07:00


A vitória do Santos sobre o Santo André, por 1 a 0, domingo, foi bastante sofrida, mas serviu para que a paz fosse restabelecida entre duas figuras importantes dentro do clube: o explosivo presidente do Conselho Deliberativo, José da Costa Teixeira, e o técnico Vanderlei Luxemburgo.

A revelação que o impasse está superado foi dado pelo treinador. "No final do jogo recebi em minha sala o presidente do Conselho Deliberativo, e conversamos sobre nossas discordâncias. Na presença do presidente Marcelo Teixeira, tudo ficou esclarecido para que o Santos caminhe forte e unido no Brasileiro", revelou Luxemburgo, em seu blog.

Ao saber que o técnico julgou inoportuna sua declaração de que o time morre no segundo tempo , José da Costa Teixeira afirmou que é a maior autoridade do clube e que Luxa é um simples empregado. "Não preciso pedir autorização a ninguém para dizer o que eu penso", disse Teixeira.

Porém, o treinador mostrou que não se intimidou com a resposta do dirigente. "Se ele pode se sentar com o Marcelo ( Teixeira) e me mandar embora, eu também posso pedir demissão", avisou.

REFORÇO - Antes do Corinthians acertar com o meia Edno, o diretor de futebol do Santos, Adílson Durante, revelou que a melhor proposta pelo atleta era santista. Para o dirigente, faltou profissionalismo à diretoria da Lusa. Durante garantiu ainda que o Peixe vai contratar um reforço antes do fim do prazo para a inscrição no Brasileiro, dia 25. Mas ele não quis adiantar nem a posição pretendida.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Luxemburgo faz as pazes com presidente do Conselho


15/09/2009 | 07:00


A vitória do Santos sobre o Santo André, por 1 a 0, domingo, foi bastante sofrida, mas serviu para que a paz fosse restabelecida entre duas figuras importantes dentro do clube: o explosivo presidente do Conselho Deliberativo, José da Costa Teixeira, e o técnico Vanderlei Luxemburgo.

A revelação que o impasse está superado foi dado pelo treinador. "No final do jogo recebi em minha sala o presidente do Conselho Deliberativo, e conversamos sobre nossas discordâncias. Na presença do presidente Marcelo Teixeira, tudo ficou esclarecido para que o Santos caminhe forte e unido no Brasileiro", revelou Luxemburgo, em seu blog.

Ao saber que o técnico julgou inoportuna sua declaração de que o time morre no segundo tempo , José da Costa Teixeira afirmou que é a maior autoridade do clube e que Luxa é um simples empregado. "Não preciso pedir autorização a ninguém para dizer o que eu penso", disse Teixeira.

Porém, o treinador mostrou que não se intimidou com a resposta do dirigente. "Se ele pode se sentar com o Marcelo ( Teixeira) e me mandar embora, eu também posso pedir demissão", avisou.

REFORÇO - Antes do Corinthians acertar com o meia Edno, o diretor de futebol do Santos, Adílson Durante, revelou que a melhor proposta pelo atleta era santista. Para o dirigente, faltou profissionalismo à diretoria da Lusa. Durante garantiu ainda que o Peixe vai contratar um reforço antes do fim do prazo para a inscrição no Brasileiro, dia 25. Mas ele não quis adiantar nem a posição pretendida.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;