Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Neymar tem liberdade para driblar, mas não promete gol



01/04/2009 | 07:00


Neymar recebeu ordem de Vágner Mancini para jogar mais perto da área, com liberdade para inverter de posição com Madson e driblar à vontade. A única restrição é para que, amanhã, contra a Portuguesa, na Vila Belmiro, a joia santista toque a bola de primeira e se desloque para receber o passe quando estiver do meio-de-campo para trás.

Ele, no entanto, não quis prometer gol para a partida que poderá apontar um dos semifinalistas do Paulistão. "Não jogo sozinho. O forte do Santos é o conjunto", disse Neymar "Na Vila Belmiro, o nosso time cresce muito e como estamos na reta decisiva, é nossa obrigação ganhar os dois jogos para conseguir a classificação", acrescentou.

O sucessor de Robinho confirmou que, na primeira preleção da semana, Mancini pediu para que ele e Madson joguem com mais objetividade. "No meu caso, posso driblar e jogar como fazia no amador, desde que seja na direção do gol", explicou. "Ele (Mancini) me pediu para jogar o mais simples possível quando voltar para ajudar na marcação. Não vejo nenhum problema nisso porque sempre procuro jogar como Mancini me pede", completou Neymar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Neymar tem liberdade para driblar, mas não promete gol


01/04/2009 | 07:00


Neymar recebeu ordem de Vágner Mancini para jogar mais perto da área, com liberdade para inverter de posição com Madson e driblar à vontade. A única restrição é para que, amanhã, contra a Portuguesa, na Vila Belmiro, a joia santista toque a bola de primeira e se desloque para receber o passe quando estiver do meio-de-campo para trás.

Ele, no entanto, não quis prometer gol para a partida que poderá apontar um dos semifinalistas do Paulistão. "Não jogo sozinho. O forte do Santos é o conjunto", disse Neymar "Na Vila Belmiro, o nosso time cresce muito e como estamos na reta decisiva, é nossa obrigação ganhar os dois jogos para conseguir a classificação", acrescentou.

O sucessor de Robinho confirmou que, na primeira preleção da semana, Mancini pediu para que ele e Madson joguem com mais objetividade. "No meu caso, posso driblar e jogar como fazia no amador, desde que seja na direção do gol", explicou. "Ele (Mancini) me pediu para jogar o mais simples possível quando voltar para ajudar na marcação. Não vejo nenhum problema nisso porque sempre procuro jogar como Mancini me pede", completou Neymar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;