Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Bernardo mantém vivo seu lado rural


Do Diário do Grande ABC

20/08/2008 | 07:02


Será que é possível ouvir o canto dos pássaros, sentir a brisa no rosto, pescar à beira da represa e aproveitar a sombra das árvores em uma cidade com mais de 700 mil habitantes? Este cenário parece ser uma tela pintada por um artista que se inspirou em algum lugar bem distante dos grandes centros, mas na zona rural de São Bernardo ainda se pode aproveitar momentos ímpares proporcionados pela natureza.

Com dez bairros dispostos em uma área de quase 215 quilômetros quadrados, a vida de cerca de 14 mil pessoas que moram na zona rural do município é bem diferente do restante da população são-bernardense. Ar puro, natureza por todos os lados, vacas, cavalos, cabras e galinhas no quintal e a oportunidade de se alimentar com o que planta são privilégios ímpares.

Manter qualidade de vida foi a justificativa que Geraldo Oliveira, 63 anos, encontrou para se mudar do Ipiranga, em São Paulo, para o bairro Tatetos, em São Bernardo. "Aqui é muito melhor. Tenho essa vista maravilhosa (apontando a Represa Billings ao fundo de sua chácara) e ainda crio meus animais", disse, referindo-se às 14 cabeças de gado, 20 cabras e carneiros e 100 galinhas e patos, além da colméia que mantém em um espaço de 40 metros quadrados.

Há oito anos, o aposentado só sai de casa para ir ao médico ou ao banco. "Tenho tudo aqui. Não preciso de nada da cidade. Além do mais, têm dois mercados no bairro, que suprem as necessidades diárias."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Bernardo mantém vivo seu lado rural

Do Diário do Grande ABC

20/08/2008 | 07:02


Será que é possível ouvir o canto dos pássaros, sentir a brisa no rosto, pescar à beira da represa e aproveitar a sombra das árvores em uma cidade com mais de 700 mil habitantes? Este cenário parece ser uma tela pintada por um artista que se inspirou em algum lugar bem distante dos grandes centros, mas na zona rural de São Bernardo ainda se pode aproveitar momentos ímpares proporcionados pela natureza.

Com dez bairros dispostos em uma área de quase 215 quilômetros quadrados, a vida de cerca de 14 mil pessoas que moram na zona rural do município é bem diferente do restante da população são-bernardense. Ar puro, natureza por todos os lados, vacas, cavalos, cabras e galinhas no quintal e a oportunidade de se alimentar com o que planta são privilégios ímpares.

Manter qualidade de vida foi a justificativa que Geraldo Oliveira, 63 anos, encontrou para se mudar do Ipiranga, em São Paulo, para o bairro Tatetos, em São Bernardo. "Aqui é muito melhor. Tenho essa vista maravilhosa (apontando a Represa Billings ao fundo de sua chácara) e ainda crio meus animais", disse, referindo-se às 14 cabeças de gado, 20 cabras e carneiros e 100 galinhas e patos, além da colméia que mantém em um espaço de 40 metros quadrados.

Há oito anos, o aposentado só sai de casa para ir ao médico ou ao banco. "Tenho tudo aqui. Não preciso de nada da cidade. Além do mais, têm dois mercados no bairro, que suprem as necessidades diárias."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;