Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Bernardo dá a largada
para o Desafio de Redação

Concurso começa nesta 2ª em nove escolas do município;
tema será 'Álcool, você não precisa disso para se dar bem'


Camila Galvez
Do Diário do Grande ABC

17/09/2012 | 07:00


Os alunos de nove escolas de São Bernardo serão os primeiros a soltar a criatividade sobre o tema Álcool, você não precisa disso para se dar bem. A cidade dá a largada para a 6ª edição do Desafio de Redação, promovido pelo Diário em parceria com o governo do Estado e a Ecovias.

Neste ano, a expectativa é que 300 escolas públicas e privadas das sete cidades participem do desafio. A aplicação de provas conta com 25 promotores e deve ser finalizada em Rio Grande da Serra, no dia 23 de outubro.

Podem escrever redações alunos a partir dos 11 anos (5º ano do Ensino Fundamental), sem limite de idade, pois estudantes do EJA (Educação de Jovens e Adultos) também podem participar. O autor da melhor redação ganhará bolsa de estudos integral na USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul).EMA meta é bater o recorde de 165 mil textos produzidos no ano passado. "A proposta foi escolhida em conjunto com os parceiros e é uma forma de conscientizar os jovens sobre o mal que o álcool causa na vida e na saúde como um todo", destaca a coordenadora do Marketing do Diário, Cláudia Zeber.

Não é a primeira vez que o tema levanta discussão que permeia a realidade dos jovens brasileiros. Há dois anos, adolescentes escreveram sobre os efeitos do crack e as limitações impostas pela dependência química aos usuários e às famílias.

Para o coordenador do Proeduc (Programa de Integração Universidade-Educação Básica) da USCS, Antonio Fernando Gomes Alves, o assunto é amplo e pode render narrativas e dissertações. Até letras de rap são esperadas pelo professor, que coordena equipe responsável pela correção das provas. "Tudo vai depender da forma como os professores trabalharão o tema em sala de aula. É preciso aprofundar os detalhes, como por exemplo as consequências do álcool para a saúde, os perigos da combinação de bebida e volante e as questões sociais que levam ao consumo cada vez mais precoce."

Para se dar bem na redação, segundo Alves, o texto deve apresentar coerência e respeito às normas cultas, gramática e ortografia corretas e clareza das ideias no desenvolvimento do conteúdo. "Neste ano, inclusive, vamos levar em consideração as novas regras da ortografia."

EXPECTATIVA

Na E.E. Dr. Mathias Octávio Roxo Nobre, no bairro Batistini, 1.100 alunos começam o desafio às 8h. A coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental Maria Helena Maluf Albino comenta que o assunto vem sendo trabalhado em sala de aula. "O tema é bastante próximo da realidade deles e é importante debater o assunto também na escola, como forma de conscientização."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Bernardo dá a largada
para o Desafio de Redação

Concurso começa nesta 2ª em nove escolas do município;
tema será 'Álcool, você não precisa disso para se dar bem'

Camila Galvez
Do Diário do Grande ABC

17/09/2012 | 07:00


Os alunos de nove escolas de São Bernardo serão os primeiros a soltar a criatividade sobre o tema Álcool, você não precisa disso para se dar bem. A cidade dá a largada para a 6ª edição do Desafio de Redação, promovido pelo Diário em parceria com o governo do Estado e a Ecovias.

Neste ano, a expectativa é que 300 escolas públicas e privadas das sete cidades participem do desafio. A aplicação de provas conta com 25 promotores e deve ser finalizada em Rio Grande da Serra, no dia 23 de outubro.

Podem escrever redações alunos a partir dos 11 anos (5º ano do Ensino Fundamental), sem limite de idade, pois estudantes do EJA (Educação de Jovens e Adultos) também podem participar. O autor da melhor redação ganhará bolsa de estudos integral na USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul).EMA meta é bater o recorde de 165 mil textos produzidos no ano passado. "A proposta foi escolhida em conjunto com os parceiros e é uma forma de conscientizar os jovens sobre o mal que o álcool causa na vida e na saúde como um todo", destaca a coordenadora do Marketing do Diário, Cláudia Zeber.

Não é a primeira vez que o tema levanta discussão que permeia a realidade dos jovens brasileiros. Há dois anos, adolescentes escreveram sobre os efeitos do crack e as limitações impostas pela dependência química aos usuários e às famílias.

Para o coordenador do Proeduc (Programa de Integração Universidade-Educação Básica) da USCS, Antonio Fernando Gomes Alves, o assunto é amplo e pode render narrativas e dissertações. Até letras de rap são esperadas pelo professor, que coordena equipe responsável pela correção das provas. "Tudo vai depender da forma como os professores trabalharão o tema em sala de aula. É preciso aprofundar os detalhes, como por exemplo as consequências do álcool para a saúde, os perigos da combinação de bebida e volante e as questões sociais que levam ao consumo cada vez mais precoce."

Para se dar bem na redação, segundo Alves, o texto deve apresentar coerência e respeito às normas cultas, gramática e ortografia corretas e clareza das ideias no desenvolvimento do conteúdo. "Neste ano, inclusive, vamos levar em consideração as novas regras da ortografia."

EXPECTATIVA

Na E.E. Dr. Mathias Octávio Roxo Nobre, no bairro Batistini, 1.100 alunos começam o desafio às 8h. A coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental Maria Helena Maluf Albino comenta que o assunto vem sendo trabalhado em sala de aula. "O tema é bastante próximo da realidade deles e é importante debater o assunto também na escola, como forma de conscientização."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;