Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Turma aprende brincando a ter cuidado nas ruas


Bruna Gonçalves
Do Diário do Grande ABC

16/09/2012 | 07:00


Os alunos da Emeb Professor Cassiano Faria, em São Bernardo, e a turma do Núcleo de Convivência Menino Jesus, em São Caetano, conheceram regras e sinalização de trânsito por meio de atividades e brincadeiras.

Luiza Ferreira da Silva, 8 anos, contou o que aprendeu para os pais e descobriu que as vias eram menos perigosas na infância deles. "Agora entendo por que minha mãe sempre fala para atravessar do lado dela e na faixa." Na opinião do colega Erik Duarte Silveira, 8, as pessoas sabem as regras, mas não as respeitam. "Acham que é bobagem e não se importam com a vida. Espero que melhorem."

Haoni Pereira Costa, 8, e os amigos montaram um minicircuito de trânsito para entender tudo na prática. Fizeram veículos, faixas e semáforo. Depois, dividiram-se em motoristas, agentes de trânsito e pedestres. "Dá para aprender brincando. Também vejo na rua se as pessoas estão fazendo certo ou errado", diz.

A conscientização é grande desafio. Muita gente ainda se arrisca porque acredita que nunca sofrerá nada. Mas enquanto todos não mudarem o comportamento, qualquer um pode ter um acidente. Por isso, não dê moleza no trânsito!

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Turma aprende brincando a ter cuidado nas ruas

Bruna Gonçalves
Do Diário do Grande ABC

16/09/2012 | 07:00


Os alunos da Emeb Professor Cassiano Faria, em São Bernardo, e a turma do Núcleo de Convivência Menino Jesus, em São Caetano, conheceram regras e sinalização de trânsito por meio de atividades e brincadeiras.

Luiza Ferreira da Silva, 8 anos, contou o que aprendeu para os pais e descobriu que as vias eram menos perigosas na infância deles. "Agora entendo por que minha mãe sempre fala para atravessar do lado dela e na faixa." Na opinião do colega Erik Duarte Silveira, 8, as pessoas sabem as regras, mas não as respeitam. "Acham que é bobagem e não se importam com a vida. Espero que melhorem."

Haoni Pereira Costa, 8, e os amigos montaram um minicircuito de trânsito para entender tudo na prática. Fizeram veículos, faixas e semáforo. Depois, dividiram-se em motoristas, agentes de trânsito e pedestres. "Dá para aprender brincando. Também vejo na rua se as pessoas estão fazendo certo ou errado", diz.

A conscientização é grande desafio. Muita gente ainda se arrisca porque acredita que nunca sofrerá nada. Mas enquanto todos não mudarem o comportamento, qualquer um pode ter um acidente. Por isso, não dê moleza no trânsito!

 

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;