Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Cidade presta homenagens a João Ramalho

Evento marcou aniversário da cidade, celebrado ontem


Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

09/04/2014 | 07:00


No dia em que completou 461 anos, Santo André prestou homenagem a seu fundador, João Ramalho. O evento, realizado ontem em frente à estátua do português, no térreo 2 do Paço Municipal, integrou programação pelo aniversário da cidade. Além de apresentação da Banda Lira da cidade, houve desfile do Tiro de Guerra e do grupo de escoteiros andreense.

De acordo com o prefeito Carlos Grana (PT), após fundação da Vila de Santo André da Borda do Campo em 8 de abril de 1553, a cidade permaneceu por três séculos adormecida. “O desenvolvimento veio com a chegada da ferrovia São Paulo Railway e vem seguindo até os dias de hoje”, ressalta. A ferrovia, construída pelos ingleses, tinha objetivo de ligar a Capital ao Porto de Santos.

Quem acordou cedo para acompanhar a cerimônia debaixo de sol forte foi a tradutora Márcia Fanin. A moradora da cidade trouxe a filha e dois sobrinhos para prestigiar o evento e o filho, que faz parte do Tiro de Guerra. “É importante passar para as crianças desde cedo valores como o patriotismo e o conhecimento histórico”, considera.

Além de execução dos hinos de Portugal e Brasil e da cidade de Santo André, houve depósito simbólico de uma coroa de flores aos pés da estátua de João Ramalho, português que saiu de sua cidade natal Vouzela e casou-se com a filha do cacique Tibiriçá, Bartira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cidade presta homenagens a João Ramalho

Evento marcou aniversário da cidade, celebrado ontem

Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

09/04/2014 | 07:00


No dia em que completou 461 anos, Santo André prestou homenagem a seu fundador, João Ramalho. O evento, realizado ontem em frente à estátua do português, no térreo 2 do Paço Municipal, integrou programação pelo aniversário da cidade. Além de apresentação da Banda Lira da cidade, houve desfile do Tiro de Guerra e do grupo de escoteiros andreense.

De acordo com o prefeito Carlos Grana (PT), após fundação da Vila de Santo André da Borda do Campo em 8 de abril de 1553, a cidade permaneceu por três séculos adormecida. “O desenvolvimento veio com a chegada da ferrovia São Paulo Railway e vem seguindo até os dias de hoje”, ressalta. A ferrovia, construída pelos ingleses, tinha objetivo de ligar a Capital ao Porto de Santos.

Quem acordou cedo para acompanhar a cerimônia debaixo de sol forte foi a tradutora Márcia Fanin. A moradora da cidade trouxe a filha e dois sobrinhos para prestigiar o evento e o filho, que faz parte do Tiro de Guerra. “É importante passar para as crianças desde cedo valores como o patriotismo e o conhecimento histórico”, considera.

Além de execução dos hinos de Portugal e Brasil e da cidade de Santo André, houve depósito simbólico de uma coroa de flores aos pés da estátua de João Ramalho, português que saiu de sua cidade natal Vouzela e casou-se com a filha do cacique Tibiriçá, Bartira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;