Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Banco Pan aprova adesão ao programa Refis



29/11/2013 | 05:17


O Banco Pan anunciou nesta quinta-feira que o seu conselho de Administração aprovou a adesão ao Refis, o programa de refinanciamento de dívidas tributárias do governo federal, referente às contribuições ao PIS e COFINS entre 2006 e 2012.

Após a decisão, o Pan pagou nesta quinta-feira a importância de R$536,2 milhões, se beneficiando da redução de 100% dos juros, dos juros sobre multas, e das multas aplicadas sobre os valores das respectivas contribuições, que corresponde a R$288,9 milhões. Com isso, a companhia pôs fim à discussão judicial sobre o tema.

Mesmo com o resultado apurado pela adesão ao Refis sendo positivo em R$ 21,4 milhões, com o pagamento do débito, o crédito tributário sobre o PIS e COFINS será realizado em 2013 e gerará prejuízo fiscal, cuja ativação contábil depende do preenchimento dos requisitos exigidos pelas normas regulamentares.

"Em caso de não ativação do prejuízo fiscal, essa operação poderá resultar em um impacto líquido de até R$180 milhões sobre o lucro", informou o Banco Pan, em comunicado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Banco Pan aprova adesão ao programa Refis


29/11/2013 | 05:17


O Banco Pan anunciou nesta quinta-feira que o seu conselho de Administração aprovou a adesão ao Refis, o programa de refinanciamento de dívidas tributárias do governo federal, referente às contribuições ao PIS e COFINS entre 2006 e 2012.

Após a decisão, o Pan pagou nesta quinta-feira a importância de R$536,2 milhões, se beneficiando da redução de 100% dos juros, dos juros sobre multas, e das multas aplicadas sobre os valores das respectivas contribuições, que corresponde a R$288,9 milhões. Com isso, a companhia pôs fim à discussão judicial sobre o tema.

Mesmo com o resultado apurado pela adesão ao Refis sendo positivo em R$ 21,4 milhões, com o pagamento do débito, o crédito tributário sobre o PIS e COFINS será realizado em 2013 e gerará prejuízo fiscal, cuja ativação contábil depende do preenchimento dos requisitos exigidos pelas normas regulamentares.

"Em caso de não ativação do prejuízo fiscal, essa operação poderá resultar em um impacto líquido de até R$180 milhões sobre o lucro", informou o Banco Pan, em comunicado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;