Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Agentes flagram mais uma entrada de celular em CDP

Detentos cortaram tela em janela e usaram linha para puxar garrafa com aparelhos


Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

04/11/2013 | 07:00


Pela segunda vez em quase um mês, detentos que cumprem pena no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Diadema voltaram a usar uma corda para tentar introduzir aparelhos celulares na unidade.

Na noite de ontem, agentes penitenciários que trabalham no local flagraram presos da cela 2 do raio 13 puxando com uma corda uma garrafa plástica que continha quatro telefones celulares, além de baterias e um carregador.

Foi cortada a tela de proteção da janela que dá vista para a Rua Caramuru, na Vila Conceição, a mesma da portaria da unidade, onde a outra ponta da corda estava amarrada. Ninguém, no entanto, foi detido.

O caso não é inédito. No dia 8 de outubro, comparsas também utilizaram cordas, mas estas eram amarradas em postes e davam acesso à área usada pelos detentos para o banho de sol.

Há duas semanas, os agentes flagraram até mesmo um buraco, aberto de forma explícita na via, onde comparsas deixavam celulares para que os presos recolhessem.

O secretário de Administração Penitenciária, Lourival Gomes, disse em visita à região no último mês que será aberta em breve a licitação para a contratação da tecnologia que bloqueia o sinal dos aparelhos dentro das unidades prisionais.

Só no primeiro semestre deste ano foram encontrados 6.300 telefones com detentos, contra 13.248 em todo o ano de 2012.

A unidade local do CDP tem 1.383 presos onde cabem 576. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Agentes flagram mais uma entrada de celular em CDP

Detentos cortaram tela em janela e usaram linha para puxar garrafa com aparelhos

Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

04/11/2013 | 07:00


Pela segunda vez em quase um mês, detentos que cumprem pena no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Diadema voltaram a usar uma corda para tentar introduzir aparelhos celulares na unidade.

Na noite de ontem, agentes penitenciários que trabalham no local flagraram presos da cela 2 do raio 13 puxando com uma corda uma garrafa plástica que continha quatro telefones celulares, além de baterias e um carregador.

Foi cortada a tela de proteção da janela que dá vista para a Rua Caramuru, na Vila Conceição, a mesma da portaria da unidade, onde a outra ponta da corda estava amarrada. Ninguém, no entanto, foi detido.

O caso não é inédito. No dia 8 de outubro, comparsas também utilizaram cordas, mas estas eram amarradas em postes e davam acesso à área usada pelos detentos para o banho de sol.

Há duas semanas, os agentes flagraram até mesmo um buraco, aberto de forma explícita na via, onde comparsas deixavam celulares para que os presos recolhessem.

O secretário de Administração Penitenciária, Lourival Gomes, disse em visita à região no último mês que será aberta em breve a licitação para a contratação da tecnologia que bloqueia o sinal dos aparelhos dentro das unidades prisionais.

Só no primeiro semestre deste ano foram encontrados 6.300 telefones com detentos, contra 13.248 em todo o ano de 2012.

A unidade local do CDP tem 1.383 presos onde cabem 576. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;