Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Pelo menos oito MPs trancam a pauta do Congresso


Do Diário OnLine
Com Agências

03/10/2005 | 14:45


A pauta no Congresso Nacional segue trancada por oito MPs (medidas provisórias), cinco na Câmara e três no Congresso. Entre os deputados, o andamento dos trabalhos vai depender da reunião de líderes na terça-feira.

Entre as MPs que trancam a pauta da Câmara está a que cria a Super-Receita, que reúne em um mesmo órgão as secretarias da Receita Federal e Previdenciária. O presidente da Casa, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), disse que a desobstrução da pauta vai depender do acordo feito por líderes dos partidos.

"É difícil votar alguma coisa que não seja quase consenso, porque o consenso absoluto é difícil. Mas vai depender dos líderes. Eu terei boa vontade para acolher a manifestação deles", destacou.

No Senado, três medidas MPs trancam a pauta, entre elas a que amplia, até 23 de outubro, o prazo para a entrega voluntária de armas para a Campanha do Desarmamento.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pelo menos oito MPs trancam a pauta do Congresso

Do Diário OnLine
Com Agências

03/10/2005 | 14:45


A pauta no Congresso Nacional segue trancada por oito MPs (medidas provisórias), cinco na Câmara e três no Congresso. Entre os deputados, o andamento dos trabalhos vai depender da reunião de líderes na terça-feira.

Entre as MPs que trancam a pauta da Câmara está a que cria a Super-Receita, que reúne em um mesmo órgão as secretarias da Receita Federal e Previdenciária. O presidente da Casa, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), disse que a desobstrução da pauta vai depender do acordo feito por líderes dos partidos.

"É difícil votar alguma coisa que não seja quase consenso, porque o consenso absoluto é difícil. Mas vai depender dos líderes. Eu terei boa vontade para acolher a manifestação deles", destacou.

No Senado, três medidas MPs trancam a pauta, entre elas a que amplia, até 23 de outubro, o prazo para a entrega voluntária de armas para a Campanha do Desarmamento.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;