Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Rótulos de barrinhas não são fiéis às fórmulas


Isis Mastromano Correia
Do Diário do Grande ABC

13/11/2007 | 07:08


No cardápio da geração saúde, elas vieram para substituir o chocolate e as bolachas. Mas as barrinhas de cereais nem sempre trazem na fórmula a quantidade de ingredientes anunciada no rótulo.

Das 12 barras testadas (veja no quadro ao lado) pela Associação ProTeste, a Nutry Banana, por exemplo, se diz fonte de fibras e não é.

De acordo com o rótulo da Nutry Banana, há 1g de fibra para uma unidade de 25g. Entretanto, o teste constatou apenas 0,62g de fibra por barra.

“Para ser considerado fonte de fibras, o alimento tem de ter pelo menos 3g de fibras a cada 100g, segundo a Anvisa (Agencia Nacional de Vigilância Sanitária)”, explicou a pesquisadora de alimentos da Associação Pro Teste, órgão responsável pela avaliação, Fernanda Peixoto.

A Nutrimental, fabricante da barrinha, informou que a Pro Teste não disse a metodologia utilizada para a análise de fibras e contestou o fato de a entidade não citar o laboratório que fez a análise.

Segundo a Pro Teste, os produtos Linea tinham pelo menos 30% mais calorias do que o informado e também mais gordura.

A Nestlé não se opôs à avaliação. A Ritter não respondeu e o Carrefour preferiu não se pronunciar. Good Light, Trio e Linea não foram encontradas para comentar o teste.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rótulos de barrinhas não são fiéis às fórmulas

Isis Mastromano Correia
Do Diário do Grande ABC

13/11/2007 | 07:08


No cardápio da geração saúde, elas vieram para substituir o chocolate e as bolachas. Mas as barrinhas de cereais nem sempre trazem na fórmula a quantidade de ingredientes anunciada no rótulo.

Das 12 barras testadas (veja no quadro ao lado) pela Associação ProTeste, a Nutry Banana, por exemplo, se diz fonte de fibras e não é.

De acordo com o rótulo da Nutry Banana, há 1g de fibra para uma unidade de 25g. Entretanto, o teste constatou apenas 0,62g de fibra por barra.

“Para ser considerado fonte de fibras, o alimento tem de ter pelo menos 3g de fibras a cada 100g, segundo a Anvisa (Agencia Nacional de Vigilância Sanitária)”, explicou a pesquisadora de alimentos da Associação Pro Teste, órgão responsável pela avaliação, Fernanda Peixoto.

A Nutrimental, fabricante da barrinha, informou que a Pro Teste não disse a metodologia utilizada para a análise de fibras e contestou o fato de a entidade não citar o laboratório que fez a análise.

Segundo a Pro Teste, os produtos Linea tinham pelo menos 30% mais calorias do que o informado e também mais gordura.

A Nestlé não se opôs à avaliação. A Ritter não respondeu e o Carrefour preferiu não se pronunciar. Good Light, Trio e Linea não foram encontradas para comentar o teste.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;