Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 6 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Abeiva nega responsabilidade por déficit


Marcelo Monegato
Do Diário do Grande ABC

08/01/2011 | 07:29


Durante apresentação dos números de 2010, o presidente da Abeiva, José Luiz Gandini, aproveitou para alfinetar a Anfavea (Associação Nacional das Fabricantes de Veículos Automotores).

Segundo ele, o tal deficit de R$ 2 bilhões que os veículos importados trazem para a indústria automobilística brasileira não é culpa das importadoras oficiais, mas das próprias integrantes da Anfavea que trazem automóveis de países do Mercosul e do México.

Segundo dados apresentados pela Abeiva, em 2010 foram emplacados 657.255 importados. Deste total, somente 16,11% - ou 105.858 veículos - são de associados da entidade. Os outros 83,89% - ou 551.397 unidades - são de montadoras integrantes da Anfavea.

Ao anunciar os números de dezembro, Gandini disse que os carros emplacados foram realmente vendidos, e não colocado em "nomes de laranjas" como outras montadoras fizeram. "Isso é coisa das três grandes", disse o presidente, referindo-se à Fiat, Volkswagen e Chevrolet.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Abeiva nega responsabilidade por déficit

Marcelo Monegato
Do Diário do Grande ABC

08/01/2011 | 07:29


Durante apresentação dos números de 2010, o presidente da Abeiva, José Luiz Gandini, aproveitou para alfinetar a Anfavea (Associação Nacional das Fabricantes de Veículos Automotores).

Segundo ele, o tal deficit de R$ 2 bilhões que os veículos importados trazem para a indústria automobilística brasileira não é culpa das importadoras oficiais, mas das próprias integrantes da Anfavea que trazem automóveis de países do Mercosul e do México.

Segundo dados apresentados pela Abeiva, em 2010 foram emplacados 657.255 importados. Deste total, somente 16,11% - ou 105.858 veículos - são de associados da entidade. Os outros 83,89% - ou 551.397 unidades - são de montadoras integrantes da Anfavea.

Ao anunciar os números de dezembro, Gandini disse que os carros emplacados foram realmente vendidos, e não colocado em "nomes de laranjas" como outras montadoras fizeram. "Isso é coisa das três grandes", disse o presidente, referindo-se à Fiat, Volkswagen e Chevrolet.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;