Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Fluminense encara líder chileno em busca da vaga na semi


Das Agências

09/11/2005 | 08:34



 

O Fluminense vai em busca de uma vaga nas semifinais da Copa Sul-Americana, a partir das 22h de quarta-feira, diante do Universidad Católica, no estádio San Carlos de Apoquindo, no Chile. É também a disputa do terceiro colocado do Campeonato Brasileiro contra o líder invicto do futebol chileno. Na partida de ida das quartas-de-final, disputada no Rio, os cariocas venceram por 2 a 1. Assim, os chilenos do Universidad Católica podem ganhar por 1 a 0 em Santiago para carimbar, pela primeira vez em sua história, o passaporte às semifinais. Ao Tricolor basta um empate para seguir na competição.

O vencedor deste jogo vai enfrentar nas semifinais Internacional ou Boca Juniors, da Argentina, que jogam nesta quinta-feira. Na partida de ida, o clube gaúcho levou a melhor em Porto Alegre, derrotando o Boca por 1 a 0.

O Fluminense, do técnico Abel Braga, contará apenas com 18 jogadores para formar a equipe titular que enfrenta o Universidad. Os brasileiros chegaram a Santiago seriamente desfalcados, já que o atacante Beto, o volante Arouca, os meias Alan e Juninho e o zagueiro Thiago estão contundidos. Além disso, quatro jogadores importantes da equipe no Brasileirão – Marcão, Adriano Magrão, Lenny e Radamés – não estão inscritos para jogar no torneio continental. Apesar dos desfalques, Abel Braga confia no bom desempenho de sua equipe. "Temos vários homens a menos, mas nem por isso vamos mudar nossa maneira de jogar", afirmou.

Ao contrário do Fluminense, o Universidad Católica chega com força máxima, com todos seus titulares e o apoio de 15 mil torcedores, já que todos os ingressos disponíveis para a partida foram vendidos. "As possibilidades de classificação estão aqui, já que basta marcar um gol (sem levar nenhum) para eliminá-los", disse Eduardo Rubio, o capitão da equipe chilena.

O líder do Campeonato Chileno se apresentará para o confronto com o time completo. Os argentinos Facundo Imbodem e Dario Conca, que estavam machucados, jogam, assim como Eduardo Rubio. Advertido pelo Tribunal de Penalidades por ter xingado um árbitro, Rubio ficou duas semanas sem jogar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fluminense encara líder chileno em busca da vaga na semi

Das Agências

09/11/2005 | 08:34



 

O Fluminense vai em busca de uma vaga nas semifinais da Copa Sul-Americana, a partir das 22h de quarta-feira, diante do Universidad Católica, no estádio San Carlos de Apoquindo, no Chile. É também a disputa do terceiro colocado do Campeonato Brasileiro contra o líder invicto do futebol chileno. Na partida de ida das quartas-de-final, disputada no Rio, os cariocas venceram por 2 a 1. Assim, os chilenos do Universidad Católica podem ganhar por 1 a 0 em Santiago para carimbar, pela primeira vez em sua história, o passaporte às semifinais. Ao Tricolor basta um empate para seguir na competição.

O vencedor deste jogo vai enfrentar nas semifinais Internacional ou Boca Juniors, da Argentina, que jogam nesta quinta-feira. Na partida de ida, o clube gaúcho levou a melhor em Porto Alegre, derrotando o Boca por 1 a 0.

O Fluminense, do técnico Abel Braga, contará apenas com 18 jogadores para formar a equipe titular que enfrenta o Universidad. Os brasileiros chegaram a Santiago seriamente desfalcados, já que o atacante Beto, o volante Arouca, os meias Alan e Juninho e o zagueiro Thiago estão contundidos. Além disso, quatro jogadores importantes da equipe no Brasileirão – Marcão, Adriano Magrão, Lenny e Radamés – não estão inscritos para jogar no torneio continental. Apesar dos desfalques, Abel Braga confia no bom desempenho de sua equipe. "Temos vários homens a menos, mas nem por isso vamos mudar nossa maneira de jogar", afirmou.

Ao contrário do Fluminense, o Universidad Católica chega com força máxima, com todos seus titulares e o apoio de 15 mil torcedores, já que todos os ingressos disponíveis para a partida foram vendidos. "As possibilidades de classificação estão aqui, já que basta marcar um gol (sem levar nenhum) para eliminá-los", disse Eduardo Rubio, o capitão da equipe chilena.

O líder do Campeonato Chileno se apresentará para o confronto com o time completo. Os argentinos Facundo Imbodem e Dario Conca, que estavam machucados, jogam, assim como Eduardo Rubio. Advertido pelo Tribunal de Penalidades por ter xingado um árbitro, Rubio ficou duas semanas sem jogar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;