Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasil enfrenta Egito em Doha



14/11/2011 | 07:30


A Seleção Brasileira faz hoje o 16º e último jogo no ano. O adversário é o Egito, em amistoso marcado para as 15h (horário de Brasília), em Doha, no Catar. Mas, independente do resultado da partida no Estádio Al Rayyann, o técnico Mano Menezes está satisfeito com a evolução da equipe, principalmente no segundo semestre. Até agora, foram oito vitórias, três derrotas e quatro empates ao longo da temporada.

"Tivemos um primeiro semestre com mais dificuldades. Depois da Copa América, na segunda parte do ano, a Seleção começou a encaixar uma ideia de como jogar, com uma formação definida, mas que não repetimos nessa última etapa (o grupo teve muitos desfalques para enfrentar o Gabão, na quinta-feira, e o Egito). Será uma linha boa para seguirmos utilizando no ano que vem", declarou Mano Menezes.

O melhor momento do treinador ficou perdido lá na estreia, em agosto do ano passado, quando a Seleção deu show com Ganso e Neymar e venceu os Estados Unidos por 2 a 0. De lá para cá, foram altos e baixos. O fundo do poço foi a eliminação nas quartas de final da Copa América com derrota para o Paraguai na decisão por pênaltis, com quatro cobranças desperdiçadas.

A equipe se recuperou nos jogos contra a Argentina, no Superclássico das Américas, quando teve um empate fora de casa e uma vitória convincente em Belém, no Pará.

Para o último desafio do ano, Mano Menezes fará algumas alterações em relação ao time que venceu o Gabão, por 2 a 0, na quinta-feira, em Libreville. O lateral-direito Daniel Alves, que cumpriu suspensão, e o volante Lucas Leiva e do zagueiro Thiago Silva, ambos poupados no primeiro amistoso, voltam a ser titulares.

Além disso, o volante Fernandinho entra no lugar de Elias no meio-campo. E, para completar, o lateral-esquerdo Adriano deixou o treino de ontem com lesão muscular na coxa esquerda. Assim, Alex Sandro ganhou a vaga de titular do time.

Apesar da fraca atuação na vitória sobre o Gabão, Hulk e Jonas estão confirmados no ataque. "Vamos tentar manter o padrão das últimas atuações. Tivemos de fazer algumas modificações para esse jogo. Uma foi forçada. O Alex Sandro entra no lugar do Adriano, que sentiu uma pequena lesão muscular. Tem o retorno do Fernandinho. Esperamos um jogo difícil e estamos preparados", avisou Mano .



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brasil enfrenta Egito em Doha


14/11/2011 | 07:30


A Seleção Brasileira faz hoje o 16º e último jogo no ano. O adversário é o Egito, em amistoso marcado para as 15h (horário de Brasília), em Doha, no Catar. Mas, independente do resultado da partida no Estádio Al Rayyann, o técnico Mano Menezes está satisfeito com a evolução da equipe, principalmente no segundo semestre. Até agora, foram oito vitórias, três derrotas e quatro empates ao longo da temporada.

"Tivemos um primeiro semestre com mais dificuldades. Depois da Copa América, na segunda parte do ano, a Seleção começou a encaixar uma ideia de como jogar, com uma formação definida, mas que não repetimos nessa última etapa (o grupo teve muitos desfalques para enfrentar o Gabão, na quinta-feira, e o Egito). Será uma linha boa para seguirmos utilizando no ano que vem", declarou Mano Menezes.

O melhor momento do treinador ficou perdido lá na estreia, em agosto do ano passado, quando a Seleção deu show com Ganso e Neymar e venceu os Estados Unidos por 2 a 0. De lá para cá, foram altos e baixos. O fundo do poço foi a eliminação nas quartas de final da Copa América com derrota para o Paraguai na decisão por pênaltis, com quatro cobranças desperdiçadas.

A equipe se recuperou nos jogos contra a Argentina, no Superclássico das Américas, quando teve um empate fora de casa e uma vitória convincente em Belém, no Pará.

Para o último desafio do ano, Mano Menezes fará algumas alterações em relação ao time que venceu o Gabão, por 2 a 0, na quinta-feira, em Libreville. O lateral-direito Daniel Alves, que cumpriu suspensão, e o volante Lucas Leiva e do zagueiro Thiago Silva, ambos poupados no primeiro amistoso, voltam a ser titulares.

Além disso, o volante Fernandinho entra no lugar de Elias no meio-campo. E, para completar, o lateral-esquerdo Adriano deixou o treino de ontem com lesão muscular na coxa esquerda. Assim, Alex Sandro ganhou a vaga de titular do time.

Apesar da fraca atuação na vitória sobre o Gabão, Hulk e Jonas estão confirmados no ataque. "Vamos tentar manter o padrão das últimas atuações. Tivemos de fazer algumas modificações para esse jogo. Uma foi forçada. O Alex Sandro entra no lugar do Adriano, que sentiu uma pequena lesão muscular. Tem o retorno do Fernandinho. Esperamos um jogo difícil e estamos preparados", avisou Mano .

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;