Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Árbitro dá show em jogo treino

Marcelo Prieto Alfieri abusa da autoridade e abandona a
partida do Sto.André aos 38 minutos do primeiro tempo


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

16/06/2012 | 06:54


Se o duelo de ontem à tarde entre Santo André e Juventus, na Rua Javari, promoveu o reencontro do técnico Luiz Carlos Ferreira e do meia Elvis - ambos atualmente no Moleque Travesso - com o Ramalhão, e se a expectativa era que o time do Grande ABC aproveitasse para fazer testes no último jogo treino antes da Série C do Brasileiro, o árbitro Marcelo Prieto Alfieri roubou a cena e, após dar show, abandonou a partida aos 38 minutos do primeiro tempo - o placar estava 0 a 0.

Integrante do quadro da Federação Paulista de Futebol, o árbitro abusou da autoridade, enervou jogadores das duas equipes e logo depois de expulsar o técnico andreense Claudemir Peixoto, decidiu deixar o campo após a recusa do treinador em sair. "Ou sai você ou saio eu", bradou o árbitro, que esperou alguns minutos, se reuniu com os auxiliares e foi em direção ao vestiário.

Os dirigentes do Juventus mostraram-se insatisfeitos e repudiaram a atitude do técnico andreense. Por outro lado, concordaram com os excessos do homem do apito.

Desde o início, Marcelo Prieto Alfieri (que é filho do ex-árbitro Clóvis Alfieri) mostrou-se rigoroso. Aos poucos, porém, tal comportamento deixou os atletas irritados, afinal tratava-se de jogo treino. No fim,o cartão amarelo mostrado ao volante Batata, que reclamou do juiz por estar atrapalhando o andamento do jogo, gerou toda a confusão que terminou com a partida.

"Só porque é árbitro da federação quer aparecer mais do que todo mundo. Arrogante, prepotente, xingou nosso jogador (Fábio Santos)", reclamou Claudemir Peixoto. "Primeira vez que vejo um árbitro abandonar um jogo treino. A gente sofria falta, tentava bater rápido e ele mandava voltar. Toda hora. Dizia ‘estou acostumado com Primeira Divisão', xingou o Fábio. Não teve diálogo, estava muito estrela", disse Batata.

O diretor de futebol Sérgio do Prado, porém, analisou a confusão de outra forma. "Teve um lado positivo: o time principal mostrou espírito de briga, de guerreiro", disse.

Na atual temporada, Marcelo Prieto Alfieri apitou três jogos da Série A-1 do Paulista, entre eles Palmeiras x Oeste. Em outros 11, trabalhou como quarto árbitro ou assistente (atrás do gol). Pela Série A-2, trabalhou na derrota do Ramalhão para o União São João, (2 a 0), em Araras. No sábado, esteve no Pedro Benedetti apitando o clássico entre Mauaense e EC São Bernardo.

Claudemir Peixoto elogia sistema defensivo

Apesar da interrupção ainda no primeiro tempo do jogo treino contra o Juventus, o técnico Claudemir Peixoto mais uma vez aprovou o desempenho do time considerado titular do Santo André.

"A equipe está evoluindo, principalmente na parte defensiva. E o ataque com Fábio Baiano e Caihame também foi muito bom", disse o treinador, que pela primeira vez testou a dupla no setor ofensivo.

O Ramalhão foi a campo com Marcelo Bonan; Alex, Júnior Paulista, Luiz Paulo e Raul Diogo; Marcelo, Batata, Bady e Djalma; Fábio Santos e Caihame. Os reservas, que seriam utilizados no segundo tempo, teriam uma novidade: Chiquinho, que faria o primeiro jogo desde a Série C do Brasileiro de 2011, quando se machucou.

IMBRÓGLIO
O Tribunal de Justiça da Paraíba indeferiu ontem a ação da CBF que tentava revogar a decisão judicial que inclui o Treze na Série C do Campeonato Brasileiro. No dia anterior, os tribunais de Acre, Rio Grande do Sul e Tocantins tiveram decisão favorável à entidade que gere o futebol nacional, retirando Rio Branco, Brasil de Pelotas e Araguaína.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Árbitro dá show em jogo treino

Marcelo Prieto Alfieri abusa da autoridade e abandona a
partida do Sto.André aos 38 minutos do primeiro tempo

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

16/06/2012 | 06:54


Se o duelo de ontem à tarde entre Santo André e Juventus, na Rua Javari, promoveu o reencontro do técnico Luiz Carlos Ferreira e do meia Elvis - ambos atualmente no Moleque Travesso - com o Ramalhão, e se a expectativa era que o time do Grande ABC aproveitasse para fazer testes no último jogo treino antes da Série C do Brasileiro, o árbitro Marcelo Prieto Alfieri roubou a cena e, após dar show, abandonou a partida aos 38 minutos do primeiro tempo - o placar estava 0 a 0.

Integrante do quadro da Federação Paulista de Futebol, o árbitro abusou da autoridade, enervou jogadores das duas equipes e logo depois de expulsar o técnico andreense Claudemir Peixoto, decidiu deixar o campo após a recusa do treinador em sair. "Ou sai você ou saio eu", bradou o árbitro, que esperou alguns minutos, se reuniu com os auxiliares e foi em direção ao vestiário.

Os dirigentes do Juventus mostraram-se insatisfeitos e repudiaram a atitude do técnico andreense. Por outro lado, concordaram com os excessos do homem do apito.

Desde o início, Marcelo Prieto Alfieri (que é filho do ex-árbitro Clóvis Alfieri) mostrou-se rigoroso. Aos poucos, porém, tal comportamento deixou os atletas irritados, afinal tratava-se de jogo treino. No fim,o cartão amarelo mostrado ao volante Batata, que reclamou do juiz por estar atrapalhando o andamento do jogo, gerou toda a confusão que terminou com a partida.

"Só porque é árbitro da federação quer aparecer mais do que todo mundo. Arrogante, prepotente, xingou nosso jogador (Fábio Santos)", reclamou Claudemir Peixoto. "Primeira vez que vejo um árbitro abandonar um jogo treino. A gente sofria falta, tentava bater rápido e ele mandava voltar. Toda hora. Dizia ‘estou acostumado com Primeira Divisão', xingou o Fábio. Não teve diálogo, estava muito estrela", disse Batata.

O diretor de futebol Sérgio do Prado, porém, analisou a confusão de outra forma. "Teve um lado positivo: o time principal mostrou espírito de briga, de guerreiro", disse.

Na atual temporada, Marcelo Prieto Alfieri apitou três jogos da Série A-1 do Paulista, entre eles Palmeiras x Oeste. Em outros 11, trabalhou como quarto árbitro ou assistente (atrás do gol). Pela Série A-2, trabalhou na derrota do Ramalhão para o União São João, (2 a 0), em Araras. No sábado, esteve no Pedro Benedetti apitando o clássico entre Mauaense e EC São Bernardo.

Claudemir Peixoto elogia sistema defensivo

Apesar da interrupção ainda no primeiro tempo do jogo treino contra o Juventus, o técnico Claudemir Peixoto mais uma vez aprovou o desempenho do time considerado titular do Santo André.

"A equipe está evoluindo, principalmente na parte defensiva. E o ataque com Fábio Baiano e Caihame também foi muito bom", disse o treinador, que pela primeira vez testou a dupla no setor ofensivo.

O Ramalhão foi a campo com Marcelo Bonan; Alex, Júnior Paulista, Luiz Paulo e Raul Diogo; Marcelo, Batata, Bady e Djalma; Fábio Santos e Caihame. Os reservas, que seriam utilizados no segundo tempo, teriam uma novidade: Chiquinho, que faria o primeiro jogo desde a Série C do Brasileiro de 2011, quando se machucou.

IMBRÓGLIO
O Tribunal de Justiça da Paraíba indeferiu ontem a ação da CBF que tentava revogar a decisão judicial que inclui o Treze na Série C do Campeonato Brasileiro. No dia anterior, os tribunais de Acre, Rio Grande do Sul e Tocantins tiveram decisão favorável à entidade que gere o futebol nacional, retirando Rio Branco, Brasil de Pelotas e Araguaína.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;