Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Pedrinho está com o São Paulo 'atravessado'


Das Agências

03/08/2005 | 08:47


Pedrinho só terá nesta quarta-feira, após o treino, a confirmação se vai ou não enfrentar o São Paulo, nesta quinta-feira, no Morumbi. No entanto, se depender da vontade do meia, o clássico terá um sabor especial. “O grupo quer a vitória para devolver as derrotas na Libertadores”, disse o jogador, referindo-se à eliminação palmeirense este ano nas oitavas-de-final da competição continental.

Pedrinho, que não enfrentou o São Paulo nas duas derrotas (1 a 0, no Palestra Itália, e 2 a 0, no Morumbi), demonstra motivação extra para o jogo de quinta-feira, apesar de as duas equipes estarem em posições intermediárias na tabela de classificação. “Estamos a dez pontos do líder (Ponte Preta) e teremos mais um jogo em casa no domingo (Coritiba). Duas vitórias vão nos colocar na briga pelos primeiros lugares”, disse o meia.

Se o meia não sabe se joga, o lateral-esquerdo Lúcio tem certeza. O jogador não se recuperou de uma contusão no tornozelo esquerdo e será mais uma vez substituído por Fabiano. que já atuou pelo adversário de quinta-feira. Outro que ficará de fora é o goleiro Marcos, que treinou terça-feira, não sentiu dores, mas como estava duas semanas sem treinar com bola só deverá ser aproveitado na rodada do fim de semana, contra os paranaenses no Palestra.

Além de definir se joga com três meias (Juninho, Pedrinho e Marcinho) ou retira um para manter o centroavante Gioino, o técnico Emerson Leão deve anunciar nesta quarta-feira a escalação de Corrêa na lateral-direita no lugar de Baiano. O treinador gostou da atuação do curinga contra o Atlético-PR.

Há grande probabilidade de o treinador optar por entrar com o atacante argentino Gioino ao lado de Marcinho, enquanto o meio seria formado por Marcinho Guerreiro, Reinaldo e Pedrinho, além dos alas Côrrea e Fabiano. Nesse caso, quem perderia a vaga seria Juninho, substituído nas duas últimas partidas, contra Flamengo, no Rio, e Atlético-PR, no Pacaembu.

“Com o Sérgio (Gioino) no ataque ganhamos em ter um atacante de ofício, com presença de área, além de termos uma opção de jogada aérea”, explicou o técnico, que já afirmou por várias vezes que entre jogadores brasileiros e argentinos, prefere os nacionais. Sobre isso, Sérgio Gioino é taxativo: “Não levo isso pelo lado pessoal. Sei que ele é uma pessoa honesta e se tivesse algo contra mim teria dito na minha frente”, finalizou o atacante.

Reformas – Terça-feira, o técnico Leão passou toda a manhã reunido com funcionários e diretores do clube traçando normas para as futuras mudanças na Academia de Futebol. Segundo o diretor José Ciryllo Jr., já está certo que as categorias de base do clube passarão a treinar no CT de Guarulhos.

Outro ponto acertado é que os alojamentos que serão construídos servirão apenas para abrigar os jogadores nos dias de treinos em dois períodos. “Se você colocar na ponta do lápis, concentrar a equipe em hotel ainda é mais em conta”, afirmou o diretor.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pedrinho está com o São Paulo 'atravessado'

Das Agências

03/08/2005 | 08:47


Pedrinho só terá nesta quarta-feira, após o treino, a confirmação se vai ou não enfrentar o São Paulo, nesta quinta-feira, no Morumbi. No entanto, se depender da vontade do meia, o clássico terá um sabor especial. “O grupo quer a vitória para devolver as derrotas na Libertadores”, disse o jogador, referindo-se à eliminação palmeirense este ano nas oitavas-de-final da competição continental.

Pedrinho, que não enfrentou o São Paulo nas duas derrotas (1 a 0, no Palestra Itália, e 2 a 0, no Morumbi), demonstra motivação extra para o jogo de quinta-feira, apesar de as duas equipes estarem em posições intermediárias na tabela de classificação. “Estamos a dez pontos do líder (Ponte Preta) e teremos mais um jogo em casa no domingo (Coritiba). Duas vitórias vão nos colocar na briga pelos primeiros lugares”, disse o meia.

Se o meia não sabe se joga, o lateral-esquerdo Lúcio tem certeza. O jogador não se recuperou de uma contusão no tornozelo esquerdo e será mais uma vez substituído por Fabiano. que já atuou pelo adversário de quinta-feira. Outro que ficará de fora é o goleiro Marcos, que treinou terça-feira, não sentiu dores, mas como estava duas semanas sem treinar com bola só deverá ser aproveitado na rodada do fim de semana, contra os paranaenses no Palestra.

Além de definir se joga com três meias (Juninho, Pedrinho e Marcinho) ou retira um para manter o centroavante Gioino, o técnico Emerson Leão deve anunciar nesta quarta-feira a escalação de Corrêa na lateral-direita no lugar de Baiano. O treinador gostou da atuação do curinga contra o Atlético-PR.

Há grande probabilidade de o treinador optar por entrar com o atacante argentino Gioino ao lado de Marcinho, enquanto o meio seria formado por Marcinho Guerreiro, Reinaldo e Pedrinho, além dos alas Côrrea e Fabiano. Nesse caso, quem perderia a vaga seria Juninho, substituído nas duas últimas partidas, contra Flamengo, no Rio, e Atlético-PR, no Pacaembu.

“Com o Sérgio (Gioino) no ataque ganhamos em ter um atacante de ofício, com presença de área, além de termos uma opção de jogada aérea”, explicou o técnico, que já afirmou por várias vezes que entre jogadores brasileiros e argentinos, prefere os nacionais. Sobre isso, Sérgio Gioino é taxativo: “Não levo isso pelo lado pessoal. Sei que ele é uma pessoa honesta e se tivesse algo contra mim teria dito na minha frente”, finalizou o atacante.

Reformas – Terça-feira, o técnico Leão passou toda a manhã reunido com funcionários e diretores do clube traçando normas para as futuras mudanças na Academia de Futebol. Segundo o diretor José Ciryllo Jr., já está certo que as categorias de base do clube passarão a treinar no CT de Guarulhos.

Outro ponto acertado é que os alojamentos que serão construídos servirão apenas para abrigar os jogadores nos dias de treinos em dois períodos. “Se você colocar na ponta do lápis, concentrar a equipe em hotel ainda é mais em conta”, afirmou o diretor.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;