Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

CPMI da Terra vai investigar milícia que combate sem-terra no PR


Do Diário OnLine
Com Agências

07/04/2005 | 09:18


A CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) que investiga os conflitos no campo e a reforma agrária vai acompanhar a existência de uma milícia armada, financiada pelos ruralistas, para intimidar e ameaçar a atuação dos movimentos sociais que lutam pela terra no Estado do Paraná. Os parlamentares vão ouvir os depoimentos dos suspeitos em duas semanas.

Na terça-feira a Polícia Federal prendeu, em Curitiba, tenente-coronel da Polícia Militar Waldir Copetti Neves e outras sete pessoas suspeitas de integrar uma milícia ilegal no campo para proteger os interesses dos proprietários de terra.

O presidente da CPMI da Terra, senador Álvaro Dias (PSDB-PR), confirmou que os parlamentares anteciparam a viagem ao Paraná para ouvir os suspeitos. "Vamos ouvir as pessoas envolvidas. Além do relato da Polícia Federal, vamos ouvir também aqueles que foram acusados de estarem agindo à margem da ordem e da lei, num movimento de proteção às propriedades rurais. Isso é uma afronta ao estado de direito democrático e merece uma resposta urgente", relatou à Agência Brasil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

CPMI da Terra vai investigar milícia que combate sem-terra no PR

Do Diário OnLine
Com Agências

07/04/2005 | 09:18


A CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) que investiga os conflitos no campo e a reforma agrária vai acompanhar a existência de uma milícia armada, financiada pelos ruralistas, para intimidar e ameaçar a atuação dos movimentos sociais que lutam pela terra no Estado do Paraná. Os parlamentares vão ouvir os depoimentos dos suspeitos em duas semanas.

Na terça-feira a Polícia Federal prendeu, em Curitiba, tenente-coronel da Polícia Militar Waldir Copetti Neves e outras sete pessoas suspeitas de integrar uma milícia ilegal no campo para proteger os interesses dos proprietários de terra.

O presidente da CPMI da Terra, senador Álvaro Dias (PSDB-PR), confirmou que os parlamentares anteciparam a viagem ao Paraná para ouvir os suspeitos. "Vamos ouvir as pessoas envolvidas. Além do relato da Polícia Federal, vamos ouvir também aqueles que foram acusados de estarem agindo à margem da ordem e da lei, num movimento de proteção às propriedades rurais. Isso é uma afronta ao estado de direito democrático e merece uma resposta urgente", relatou à Agência Brasil.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;