Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diadema participa de congresso na Costa Rica


Do Diário do Grande ABC

14/08/2010 | 07:10


O secretário de Assistência Social e Cidadania de Diadema, Pedro Soares, estará na Costa Rica entre os dias 17 e 20 de agosto para participar da terceira reunião internacional do Projeto Direito a Uma Cidade Segura e Equitativa para as Mulheres.

Diadema é uma das seis cidades participantes do projeto coordenado pela cidade de Morón, na Argentina, e realizado com recursos da cidade de Barcelona (Espanha), com o Programa Rede Mulher Cidade.

O objetivo é traçar diagnósticos e realizar o monitoramento da implantação nos municípios de políticas públicas de gênero, tendo em vista promover o direito a uma cidade segura e equitativa para as mulheres.

Para essa etapa do projeto, Diadema realizará oficinas, no mês de outubro, com a participação de integrantes das secretarias municipais, representantes da população e as representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diadema participa de congresso na Costa Rica

Do Diário do Grande ABC

14/08/2010 | 07:10


O secretário de Assistência Social e Cidadania de Diadema, Pedro Soares, estará na Costa Rica entre os dias 17 e 20 de agosto para participar da terceira reunião internacional do Projeto Direito a Uma Cidade Segura e Equitativa para as Mulheres.

Diadema é uma das seis cidades participantes do projeto coordenado pela cidade de Morón, na Argentina, e realizado com recursos da cidade de Barcelona (Espanha), com o Programa Rede Mulher Cidade.

O objetivo é traçar diagnósticos e realizar o monitoramento da implantação nos municípios de políticas públicas de gênero, tendo em vista promover o direito a uma cidade segura e equitativa para as mulheres.

Para essa etapa do projeto, Diadema realizará oficinas, no mês de outubro, com a participação de integrantes das secretarias municipais, representantes da população e as representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;