Fechar
Publicidade

Sábado, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Tecladista do Skank debate mercado musical


Do Diário do Grande ABC

13/11/2007 | 07:01


O uso da internet como ferramenta de divulgação das produções artísticas. Esse é o tema do último debate do projeto Cronicamente Viável, que ocorre hoje, a partir das 19h30, no auditório do CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil), em São Paulo.

O evento, com entrada franca, conta as participações do tecladista do Skank, Henrique Portugal, e da professora de Comunicação e Semiótica da PUC-SP Giselle Beiguelman. A mediação será do escritor Marcelo Rubens Paiva, e a jornalista Roberta Garcia receberá perguntas de internautas aos convidados.

DOIS LADOS

Portugal conhece bem os dois lados do mercado fonográfico: o mainstream (a tendência comercial dominante) e o cenário alternativo, que é beneficado pelas possibilidades de divulgação oferecidas pela web.

Além de integrar uma das bandas mais bem-sucedidas do pop rock nacional, o músico comanda um programa de rádio na internet para artistas iniciantes.

Ele considera natural o fato de a música não necessitar mais de um formato físico como o CD para ser divulgada. “Hoje, o CD se transformou em mais uma forma de divulgação das bandas. Ninguém mais ganha dinheiro com isso”, afirmou Portugal.

Cronicamente Viável – Debate. Hoje, a partir das 19h30. No CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) – r. Álvares Penteado, 112, São Paulo. Tel.: 3113-3651. Entrada franca.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tecladista do Skank debate mercado musical

Do Diário do Grande ABC

13/11/2007 | 07:01


O uso da internet como ferramenta de divulgação das produções artísticas. Esse é o tema do último debate do projeto Cronicamente Viável, que ocorre hoje, a partir das 19h30, no auditório do CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil), em São Paulo.

O evento, com entrada franca, conta as participações do tecladista do Skank, Henrique Portugal, e da professora de Comunicação e Semiótica da PUC-SP Giselle Beiguelman. A mediação será do escritor Marcelo Rubens Paiva, e a jornalista Roberta Garcia receberá perguntas de internautas aos convidados.

DOIS LADOS

Portugal conhece bem os dois lados do mercado fonográfico: o mainstream (a tendência comercial dominante) e o cenário alternativo, que é beneficado pelas possibilidades de divulgação oferecidas pela web.

Além de integrar uma das bandas mais bem-sucedidas do pop rock nacional, o músico comanda um programa de rádio na internet para artistas iniciantes.

Ele considera natural o fato de a música não necessitar mais de um formato físico como o CD para ser divulgada. “Hoje, o CD se transformou em mais uma forma de divulgação das bandas. Ninguém mais ganha dinheiro com isso”, afirmou Portugal.

Cronicamente Viável – Debate. Hoje, a partir das 19h30. No CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) – r. Álvares Penteado, 112, São Paulo. Tel.: 3113-3651. Entrada franca.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;