Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Banco Asiático vai mandar US$ 950 milhões ao Paquistão


Das Agências

05/11/2001 | 11:04


O Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD) decidiu nesta segunda-feira elevar a US$ 950 milhões sua ajuda ao Paquistão para este ano, a fim de apoiar a economia deste país, que suporta em primeira linha os ataques norte-americanos contra o Afeganistão.

O presidente do BAD, Tadao Chino, anunciou que a ajuda ao Paquistão, que este ano seria em princípio de US$ 626 milhões.

"Os acontecimentos atuais na região deterioraram gravemente a situação econômica no Paquistão. Ante estas dificuldades suplementares, asseguramos ao Governo paquistanês que faremos tudo o que pudermos", declarou Chino durante uma entrevista à imprensa depois de uma reunião com o ministro paquistanês de Finanças, Shaukat Aziz.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Banco Asiático vai mandar US$ 950 milhões ao Paquistão

Das Agências

05/11/2001 | 11:04


O Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD) decidiu nesta segunda-feira elevar a US$ 950 milhões sua ajuda ao Paquistão para este ano, a fim de apoiar a economia deste país, que suporta em primeira linha os ataques norte-americanos contra o Afeganistão.

O presidente do BAD, Tadao Chino, anunciou que a ajuda ao Paquistão, que este ano seria em princípio de US$ 626 milhões.

"Os acontecimentos atuais na região deterioraram gravemente a situação econômica no Paquistão. Ante estas dificuldades suplementares, asseguramos ao Governo paquistanês que faremos tudo o que pudermos", declarou Chino durante uma entrevista à imprensa depois de uma reunião com o ministro paquistanês de Finanças, Shaukat Aziz.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;