Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Mike Tyson é acusado de agredir camaronesa em iate na Itália


Das Agências

13/08/2005 | 08:49


Mais um escândalo na vida do ex-campeão mundial dos pesos pesados Mike Tyson. O norte-americano foi acusado de agressão pela camaronesa Florence Botoli, de 33 anos, que vive na França. Tyson e Florence teriam se conhecido em uma discoteca de Porto Cervo, na Itália, dia 6.

A camaronesa contou às autoridades que o ex-boxeador a obrigou, com a ajuda de um guarda-costas, a acompanhá-lo até um iate, onde havia bebida e várias mulheres. Após assistirem a shows eróticos, Tyson propôs a Florence que fossem para o quarto. Quando ela se recusou, o ex-campeão mundial ficou furioso e a golpeou várias vezes. A mulher disse que só conseguiu sair do iate com ajuda de um guarda-costas.

Essa é a primeira vez que Tyson se envolve em casos de violência fora dos Estados Unidos. Em 1992, ele foi condenado a três anos de prisão por estuprar Desiree Washington, participante de um concurso de beleza, em Indianápolis.

Em 1999, ele voltou à cadeia após agredir dois motoristas que o envolveram em um acidente de trânsito. Tyson também era acusado de atacar sexualmente uma mulher de cerca de 50 anos, na Califórnia, mas esse processo foi arquivado em 2001.

O comportamento de Tyson nunca foi exemplar. Além do estupro e da agressão aos motoristas, o ex-pugilista foi acusado de ser maníaco-depressivo por sua ex-mulher, a atriz Robin Givens. Tyson também perdeu sua licença de lutador e foi multado em US$ 3 milhões após morder a orelha de seu adversário Evander Holyfield.

Aos 39 anos, o norte-americano encerrou sua carreira profissional no último mês de junho, quando foi derrotado por nocaute pelo irlandês Kevin McBride. Tyson disputou 56 lutas e venceu 50, sendo 44 delas por nocaute – 24 no primeiro assalto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mike Tyson é acusado de agredir camaronesa em iate na Itália

Das Agências

13/08/2005 | 08:49


Mais um escândalo na vida do ex-campeão mundial dos pesos pesados Mike Tyson. O norte-americano foi acusado de agressão pela camaronesa Florence Botoli, de 33 anos, que vive na França. Tyson e Florence teriam se conhecido em uma discoteca de Porto Cervo, na Itália, dia 6.

A camaronesa contou às autoridades que o ex-boxeador a obrigou, com a ajuda de um guarda-costas, a acompanhá-lo até um iate, onde havia bebida e várias mulheres. Após assistirem a shows eróticos, Tyson propôs a Florence que fossem para o quarto. Quando ela se recusou, o ex-campeão mundial ficou furioso e a golpeou várias vezes. A mulher disse que só conseguiu sair do iate com ajuda de um guarda-costas.

Essa é a primeira vez que Tyson se envolve em casos de violência fora dos Estados Unidos. Em 1992, ele foi condenado a três anos de prisão por estuprar Desiree Washington, participante de um concurso de beleza, em Indianápolis.

Em 1999, ele voltou à cadeia após agredir dois motoristas que o envolveram em um acidente de trânsito. Tyson também era acusado de atacar sexualmente uma mulher de cerca de 50 anos, na Califórnia, mas esse processo foi arquivado em 2001.

O comportamento de Tyson nunca foi exemplar. Além do estupro e da agressão aos motoristas, o ex-pugilista foi acusado de ser maníaco-depressivo por sua ex-mulher, a atriz Robin Givens. Tyson também perdeu sua licença de lutador e foi multado em US$ 3 milhões após morder a orelha de seu adversário Evander Holyfield.

Aos 39 anos, o norte-americano encerrou sua carreira profissional no último mês de junho, quando foi derrotado por nocaute pelo irlandês Kevin McBride. Tyson disputou 56 lutas e venceu 50, sendo 44 delas por nocaute – 24 no primeiro assalto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;