Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Kerry enviaria tropa ao Haiti para ajudar Aristide


Da AFP

07/03/2004 | 13:31


O senador John Kerry, candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, afirmou que teria enviado tropas ao Haiti para apoiar o presidente Jean Bertrand Aristide, ao contrário do que fez o presidente George W. Bush.

"Eu estaria disposto a enviar tropas imediatamente", disse o senador ao jornal "The New York Times", em entrevista publicada este domingo. "Aristide cometeu muitos erros, mas Washington tinha acordos tácitos na região sobre o direito de um regime democrático solicitar ajuda, e não respeitamos isso", acrescentou.

Por outro lado, o senador de Massachusetts disse à revista semanal "Time" que estuda o envio de uma delegação ao Iraque para avaliar diretamente a situação naquele país. "Poderia pedir a alguns colegas democratas e especialistas que viajassem ao Iraque para termos um ponto de partida sólido", informou.

Os enviados seriam o senador democrata Joseph Biden, principal conselheiro de Kerry em política externa, e sua assistente no Senado, Nancy Stetson. Kerry, ex-combatente na guerra do Vietnã, fez do tema Iraque um de seus principais argumentos contra o governo Bush.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Kerry enviaria tropa ao Haiti para ajudar Aristide

Da AFP

07/03/2004 | 13:31


O senador John Kerry, candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, afirmou que teria enviado tropas ao Haiti para apoiar o presidente Jean Bertrand Aristide, ao contrário do que fez o presidente George W. Bush.

"Eu estaria disposto a enviar tropas imediatamente", disse o senador ao jornal "The New York Times", em entrevista publicada este domingo. "Aristide cometeu muitos erros, mas Washington tinha acordos tácitos na região sobre o direito de um regime democrático solicitar ajuda, e não respeitamos isso", acrescentou.

Por outro lado, o senador de Massachusetts disse à revista semanal "Time" que estuda o envio de uma delegação ao Iraque para avaliar diretamente a situação naquele país. "Poderia pedir a alguns colegas democratas e especialistas que viajassem ao Iraque para termos um ponto de partida sólido", informou.

Os enviados seriam o senador democrata Joseph Biden, principal conselheiro de Kerry em política externa, e sua assistente no Senado, Nancy Stetson. Kerry, ex-combatente na guerra do Vietnã, fez do tema Iraque um de seus principais argumentos contra o governo Bush.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;