Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Técnico em segurança: ascensão

Investir na prevenção de acidentes, além de obrigação das empresas, é fundamental para tornar o ambiente de trabalho mais saudável e produtivo


Dgabc

13/04/2013 | 00:00


Artigo

Investir na prevenção de acidentes, além de obrigação das empresas, é fundamental para tornar o ambiente de trabalho mais saudável e produtivo. Poucos conhecem, no entanto, a importância do técnico em segurança do trabalho nesse contexto, posição que ganha cada vez mais destaque nas corporações. Com funções regulamentadas pela Portaria 3.275 do Ministério do Trabalho, esse profissional dedica-se em tempo integral a analisar os métodos e processos de trabalho e identificar fatores que minimizem o risco de acidentes e doenças ocupacionais. Com perfil proativo, deve conhecer todas as operações de sua unidade a fim de avaliar e inspecionar condições de trabalho, visando aspectos de segurança, meio ambiente e saúde.

É ele quem fiscaliza o andamento das rotinas e propõe melhorias para garantir a segurança de funcionários. Cabe ao técnico de segurança fazer a gestão na empresa com o objetivo de atender as normas reguladoras da Portaria 3.214, referente à consolidação das leis do trabalho, relativas à segurança e medicina do trabalho, e a certificação OHSAS 18000, que é guia para implementação de sistemas de gestão de segurança e higiene ocupacional.

A facilidade para pesquisas e levantamentos de dados, a capacidade de liderança e a boa comunicação estão entre as principais características para o desenvolvimento da atividade desse profissional. É preciso também estar atento à evolução do setor, às novas metodologias e normas e procedimentos, para desenvolver tecnologias e ações que auxiliem a rotina de trabalho.

Por ser peça fundamental em companhias de diversas áreas de atuação, a profissão é ótima opção para quem deseja ingressar em mercado em expansão. Com a conscientização dos empresários sobre a importância da atividade, a demanda por pessoas capacitadas para atuar na área é cada vez maior. Em 2012, foram registrados cerca de 30 mil profissionais atuantes no Estado, segundo o Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho de São Paulo. O número de escolas que oferecem cursos para sua formação também cresceu: são 350 no Estado. Além de apresentar as funções, as normas legislativas e os procedimentos rotineiros, o curso deve treinar métodos de negociação, para desenvolver a habilidade de lidar com outros profissionais.

A possibilidade de crescimento, o prestígio da profissão e os desafios diários são alguns dos atrativos da área.

Osvaldo Torres Morgado é gerente de segurança industrial.

Palavra do leitor

Skates e bikes
Numa cidade esburacada, mal iluminada, sem sinalização adequada, muito menos fiscalização do trânsito, bastando conferir nas travessas e ruas Jurubatuba e Marechal Deodoro, e avenidas Faria Lima e Prestes Maia, alguns visionários estão iniciando campanha para liberar skates e bicicletas, esquecendo-se do caos que está a cidade, sem falar nos horários de pico. Estão copiando alguns paulistanos sonhadores, cujo ideal seria morar na Bélgica, Suíça e, não podendo, querem aparecer, puxando a sardinha para suas turminhas, em prejuízo da maioria, mas colocando em risco a vida dos incautos, não se sabe com quais interesses. Tem gente querendo fomentar guerra entre pedestres, motoristas, motoqueiros, skatistas e ciclistas. Ou então, voltaremos aos tempos da carroça.Tem de haver bom-senso, competência e atitudes sérias que o assunto requer.
José Carlos Soares de Oliveira
São Bernardo

Resposta
Em relação à carta do leitor Maurício Goduto (Sem vacina, dia 3), a Secretaria de Estado da Saúde esclarece que houve desabastecimento temporário da vacina Pneumocóccica-valente 23, contra pneumonia, no Centro de Referência Imunobiológicos Especiais do Hospital Mário Covas, em virtude de aumento inesperado na demanda. No entanto, o seu abastecimento será regularizado até o início da próxima semana. É importante ressaltar que a vacina em questão só deve ser aplicada em pacientes mediante prescrição médica.
Secretaria de Estado da Saúde

A mágica
Interessante observar o movimento do capital do empresário Eike Batista. Num dia, ele perde bilhões de reais; no outro, recupera os bilhões de reais perdidos. O dinheiro dele está investido na Bolsa, fora isso, o empresário tem negócios com o governo. Fez fortuna equivalente à do pré-sal. Ninguém vê o dinheiro, mas eles dizem que a grana existe. Os contribuintes, que nada ganham em aplicações, que dão satisfações de cada centavo ganho e gasto, são os enganados, basta ver o juro da poupança. Em 20 de março, foi noticiado que a mulher do presidente do Senado, Renan Calheiros, lucrou 69% de uma ‘empresa relâmpago' de seu marido em apenas quatro meses. Mágica perfeita. Os dinheiros deles são pedaços de papéis com fotos de ex-presidentes, mas o rendimento é com cédulas de reais. Simples assim.
Luciana Lins
Campinas (SP)

Jornalismo
Parece que as emissoras de TV não têm departamento de investigação e só publicam os acontecimentos e casos mais ‘noticiosos'. E todos os telejornais, das várias emissoras, noticiam os mesmos casos, dia após dia. Antes era só a boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, agora é o ônibus que despencou de viaduto no Rio de Janeiro. O Brasil é um País repleto de trambiques de políticos, de leis processuais e criminais ultrapassadas, que prejudicam os cidadãos honestos e só protegem os bandidos. A mídia tem departamentos de investigação e, muitas vezes, conta com a ajuda das polícias e não publica os nomes dos trambiqueiros e seus trambiques. Isso é jornalismo!
Mário A. Dente
Capital

Sujeira à mostra
Sujeira não é mais problema em Brasília, nada de varrê-la para debaixo do tapete, bom é deixá-la à mostra, afinal, a palavra de ordem dos petistas era e deve continuar a ser ‘transparência'. Portanto, de volta ao aconchego de ministérios estão ex-faxinados por corrupção. E Dilma não fica nem vermelha de vergonha!
Mara Montezuma Assaf
Capital

Marta
Marta Suplicy declarou que Marcos Feliciano é tapa na cara dos direitos humanos. Calma, Marta, não é bem assim! Tem coisas bem piores na atual política brasileira. Relaxe e goze, que não é culpa dele estar na presidência dessa comissão. Quem o colocou lá foi o toma lá, dá cá deste governo do qual você é ministra.
Ronaldo Gomes Ferraz
Rio de Janeiro



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Técnico em segurança: ascensão

Investir na prevenção de acidentes, além de obrigação das empresas, é fundamental para tornar o ambiente de trabalho mais saudável e produtivo

Dgabc

13/04/2013 | 00:00


Artigo

Investir na prevenção de acidentes, além de obrigação das empresas, é fundamental para tornar o ambiente de trabalho mais saudável e produtivo. Poucos conhecem, no entanto, a importância do técnico em segurança do trabalho nesse contexto, posição que ganha cada vez mais destaque nas corporações. Com funções regulamentadas pela Portaria 3.275 do Ministério do Trabalho, esse profissional dedica-se em tempo integral a analisar os métodos e processos de trabalho e identificar fatores que minimizem o risco de acidentes e doenças ocupacionais. Com perfil proativo, deve conhecer todas as operações de sua unidade a fim de avaliar e inspecionar condições de trabalho, visando aspectos de segurança, meio ambiente e saúde.

É ele quem fiscaliza o andamento das rotinas e propõe melhorias para garantir a segurança de funcionários. Cabe ao técnico de segurança fazer a gestão na empresa com o objetivo de atender as normas reguladoras da Portaria 3.214, referente à consolidação das leis do trabalho, relativas à segurança e medicina do trabalho, e a certificação OHSAS 18000, que é guia para implementação de sistemas de gestão de segurança e higiene ocupacional.

A facilidade para pesquisas e levantamentos de dados, a capacidade de liderança e a boa comunicação estão entre as principais características para o desenvolvimento da atividade desse profissional. É preciso também estar atento à evolução do setor, às novas metodologias e normas e procedimentos, para desenvolver tecnologias e ações que auxiliem a rotina de trabalho.

Por ser peça fundamental em companhias de diversas áreas de atuação, a profissão é ótima opção para quem deseja ingressar em mercado em expansão. Com a conscientização dos empresários sobre a importância da atividade, a demanda por pessoas capacitadas para atuar na área é cada vez maior. Em 2012, foram registrados cerca de 30 mil profissionais atuantes no Estado, segundo o Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho de São Paulo. O número de escolas que oferecem cursos para sua formação também cresceu: são 350 no Estado. Além de apresentar as funções, as normas legislativas e os procedimentos rotineiros, o curso deve treinar métodos de negociação, para desenvolver a habilidade de lidar com outros profissionais.

A possibilidade de crescimento, o prestígio da profissão e os desafios diários são alguns dos atrativos da área.

Osvaldo Torres Morgado é gerente de segurança industrial.

Palavra do leitor

Skates e bikes
Numa cidade esburacada, mal iluminada, sem sinalização adequada, muito menos fiscalização do trânsito, bastando conferir nas travessas e ruas Jurubatuba e Marechal Deodoro, e avenidas Faria Lima e Prestes Maia, alguns visionários estão iniciando campanha para liberar skates e bicicletas, esquecendo-se do caos que está a cidade, sem falar nos horários de pico. Estão copiando alguns paulistanos sonhadores, cujo ideal seria morar na Bélgica, Suíça e, não podendo, querem aparecer, puxando a sardinha para suas turminhas, em prejuízo da maioria, mas colocando em risco a vida dos incautos, não se sabe com quais interesses. Tem gente querendo fomentar guerra entre pedestres, motoristas, motoqueiros, skatistas e ciclistas. Ou então, voltaremos aos tempos da carroça.Tem de haver bom-senso, competência e atitudes sérias que o assunto requer.
José Carlos Soares de Oliveira
São Bernardo

Resposta
Em relação à carta do leitor Maurício Goduto (Sem vacina, dia 3), a Secretaria de Estado da Saúde esclarece que houve desabastecimento temporário da vacina Pneumocóccica-valente 23, contra pneumonia, no Centro de Referência Imunobiológicos Especiais do Hospital Mário Covas, em virtude de aumento inesperado na demanda. No entanto, o seu abastecimento será regularizado até o início da próxima semana. É importante ressaltar que a vacina em questão só deve ser aplicada em pacientes mediante prescrição médica.
Secretaria de Estado da Saúde

A mágica
Interessante observar o movimento do capital do empresário Eike Batista. Num dia, ele perde bilhões de reais; no outro, recupera os bilhões de reais perdidos. O dinheiro dele está investido na Bolsa, fora isso, o empresário tem negócios com o governo. Fez fortuna equivalente à do pré-sal. Ninguém vê o dinheiro, mas eles dizem que a grana existe. Os contribuintes, que nada ganham em aplicações, que dão satisfações de cada centavo ganho e gasto, são os enganados, basta ver o juro da poupança. Em 20 de março, foi noticiado que a mulher do presidente do Senado, Renan Calheiros, lucrou 69% de uma ‘empresa relâmpago' de seu marido em apenas quatro meses. Mágica perfeita. Os dinheiros deles são pedaços de papéis com fotos de ex-presidentes, mas o rendimento é com cédulas de reais. Simples assim.
Luciana Lins
Campinas (SP)

Jornalismo
Parece que as emissoras de TV não têm departamento de investigação e só publicam os acontecimentos e casos mais ‘noticiosos'. E todos os telejornais, das várias emissoras, noticiam os mesmos casos, dia após dia. Antes era só a boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, agora é o ônibus que despencou de viaduto no Rio de Janeiro. O Brasil é um País repleto de trambiques de políticos, de leis processuais e criminais ultrapassadas, que prejudicam os cidadãos honestos e só protegem os bandidos. A mídia tem departamentos de investigação e, muitas vezes, conta com a ajuda das polícias e não publica os nomes dos trambiqueiros e seus trambiques. Isso é jornalismo!
Mário A. Dente
Capital

Sujeira à mostra
Sujeira não é mais problema em Brasília, nada de varrê-la para debaixo do tapete, bom é deixá-la à mostra, afinal, a palavra de ordem dos petistas era e deve continuar a ser ‘transparência'. Portanto, de volta ao aconchego de ministérios estão ex-faxinados por corrupção. E Dilma não fica nem vermelha de vergonha!
Mara Montezuma Assaf
Capital

Marta
Marta Suplicy declarou que Marcos Feliciano é tapa na cara dos direitos humanos. Calma, Marta, não é bem assim! Tem coisas bem piores na atual política brasileira. Relaxe e goze, que não é culpa dele estar na presidência dessa comissão. Quem o colocou lá foi o toma lá, dá cá deste governo do qual você é ministra.
Ronaldo Gomes Ferraz
Rio de Janeiro

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;