Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Biometria será obrigatória em 2020 em três cidades da região

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

S.Caetano, Ribeirão e Rio Grande terão exigência na próxima eleição; cadastramento começa dia 4


Daniel Tossato
do dgabc.com.br

23/01/2019 | 07:00


Eleitores de São Caetano, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra serão obrigados a cadastrar biometria para participar da eleição de 2020, quando serão escolhidos prefeitos e vereadores.

As três cidades passarão pelo cadastramento biométrico obrigatório a partir do dia 4 de fevereiro, processo que durará até 19 de dezembro. O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) informou que os demais municípios da região – Santo André, São Bernardo, Diadema e Mauá – não terão obrigatoriedade de realizar o procedimento neste ano. Porém, os eleitores poderão atualizar os dados de maneira voluntária.

Das três cidades que têm obrigação de realizar cadastramento biométrico, São Caetano é o local com maior número de eleitores já cadastrados. Das 136.304 pessoas aptas ao voto, 57.489 já estão registradas, o que equivale a 42,1% dos eleitores.

Dos 90.552 eleitores de Ribeirão Pires, 37.052 passaram pelo registro de biometria, ou seja, 40,9% do total. Em Rio Grande da Serra, com seus 34.798 eleitores, apenas 12.612 atualizaram as informações no sistema da Justiça Eleitoral: 36,2% do total.

O registro biométrico pode ser realizado no cartório em que o eleitor esteja inscrito ou em qualquer unidade do Poupatempo com serviços eleitorais. É preciso agendamento prévio, segundo o TRE-SP.

É necessário também levar um comprovante com nome e endereço (com menos de três meses), assim como o RG original, carteira de trabalho, carteira profissional emitida por órgão criado por lei federal, certidão de nascimento ou certidão de casamento.

A meta do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é concluir a operação em todo o País até 2022.

A biometria é tecnologia que prevê conferir mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. O leitor biométrico, utilizado pelo mesário para reconhecimento do eleitor, confirma a identidade de casa pessoa por meio das impressões digitais, que estão armazenadas em um banco de dados na Justiça Eleitoral.

DEMAIS MUNICÍPIOS
São Bernardo, a cidade com o maior número de eleitores do Grande ABC, com 622.491 aptos ao voto, realizou o cadastro de pouco menos da metade do total. Foram 311.015 cidadãos que concluíram a biometria, ou seja, 49,9%.

Santo André, com 572.418 eleitores, tem, até o momento, 245.465 eleitores devidamente cadastrados, o que equivale a 42,8% do quórum.

Dos 333.235 eleitores de Diadema, 145.715 estão cadastrados com biometria, ou seja, 43,7% dos munícipes aptos ao voto. Mauá, que tem 307.463 eleitores, viu 119.233 deles atualizarem os dados na Justiça Eleitoral – 38,7% do total. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Biometria será obrigatória em 2020 em três cidades da região

S.Caetano, Ribeirão e Rio Grande terão exigência na próxima eleição; cadastramento começa dia 4

Daniel Tossato
do dgabc.com.br

23/01/2019 | 07:00


Eleitores de São Caetano, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra serão obrigados a cadastrar biometria para participar da eleição de 2020, quando serão escolhidos prefeitos e vereadores.

As três cidades passarão pelo cadastramento biométrico obrigatório a partir do dia 4 de fevereiro, processo que durará até 19 de dezembro. O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) informou que os demais municípios da região – Santo André, São Bernardo, Diadema e Mauá – não terão obrigatoriedade de realizar o procedimento neste ano. Porém, os eleitores poderão atualizar os dados de maneira voluntária.

Das três cidades que têm obrigação de realizar cadastramento biométrico, São Caetano é o local com maior número de eleitores já cadastrados. Das 136.304 pessoas aptas ao voto, 57.489 já estão registradas, o que equivale a 42,1% dos eleitores.

Dos 90.552 eleitores de Ribeirão Pires, 37.052 passaram pelo registro de biometria, ou seja, 40,9% do total. Em Rio Grande da Serra, com seus 34.798 eleitores, apenas 12.612 atualizaram as informações no sistema da Justiça Eleitoral: 36,2% do total.

O registro biométrico pode ser realizado no cartório em que o eleitor esteja inscrito ou em qualquer unidade do Poupatempo com serviços eleitorais. É preciso agendamento prévio, segundo o TRE-SP.

É necessário também levar um comprovante com nome e endereço (com menos de três meses), assim como o RG original, carteira de trabalho, carteira profissional emitida por órgão criado por lei federal, certidão de nascimento ou certidão de casamento.

A meta do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é concluir a operação em todo o País até 2022.

A biometria é tecnologia que prevê conferir mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. O leitor biométrico, utilizado pelo mesário para reconhecimento do eleitor, confirma a identidade de casa pessoa por meio das impressões digitais, que estão armazenadas em um banco de dados na Justiça Eleitoral.

DEMAIS MUNICÍPIOS
São Bernardo, a cidade com o maior número de eleitores do Grande ABC, com 622.491 aptos ao voto, realizou o cadastro de pouco menos da metade do total. Foram 311.015 cidadãos que concluíram a biometria, ou seja, 49,9%.

Santo André, com 572.418 eleitores, tem, até o momento, 245.465 eleitores devidamente cadastrados, o que equivale a 42,8% do quórum.

Dos 333.235 eleitores de Diadema, 145.715 estão cadastrados com biometria, ou seja, 43,7% dos munícipes aptos ao voto. Mauá, que tem 307.463 eleitores, viu 119.233 deles atualizarem os dados na Justiça Eleitoral – 38,7% do total. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;