Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Belo Linea

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sueli Osório
Do Diário do Grande ABC

17/09/2008 | 07:02


A Fiat apresenta hoje à imprensa especializada seu mais novo produto, o Linea, que reconduz a marca ao segmento dos sedãs médios.

O três-volumes é um projeto mundial da montadora, desenvolvido para competir em vários países - o que significa a internacionalização da marca -, mas que no Brasil recebeu características desejadas pelo mercado nacional, com incrementos em tecnologia e sofisticação, segundo a empresa.

O projeto foi desenvolvido pela Engenharia da Fiat do Brasil juntamente com a Itália. Lançado em maio de 2007, ele já é vendido em países como Alemanha e Portugal.

Para atender ao desejo dos consumidores de ter motorizações modernas, a empresa desenvolveu o novo motor 1.9 16V Flex e trouxe o motor T-Jet, de última geração, que concilia pequeno tamanho, economia e alto desempenho.

O sedã oferece ainda itens como câmbio Dualogic, sistema Blue&Me, navegador GPS, sensor de estacionamento, de chuva e crepuscular, até seis air bags, ar-condicionado automático digital, entre outros.

O Fiat Linea chega ao mercado com quatro diferentes versões, com duas novas motorizações, dois tipos de câmbio e três níveis de acabamento. São elas: 1.9 16V, 1.9 16V Dualogic, Absolute e T-Jet.

Hoje, o segmento dos sedãs médios é o quarto maior do mercado nacional. De 2006 para 2007, cresceu nada menos do que 30,6% - enquanto o mercado de automóveis ganhou 26,4% no mesmo período. Em 2007, foram comercializados mais de 181 mil carros, volume que movimentou aproximadamente R$ 12 bilhões.

Neste ano, de janeiro a agosto, o segmento já teve aproximadamente 140 mil unidades vendidas. Estima-se um volume de 220 mil veículos até o fechamento de 2008.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Belo Linea

Sueli Osório
Do Diário do Grande ABC

17/09/2008 | 07:02


A Fiat apresenta hoje à imprensa especializada seu mais novo produto, o Linea, que reconduz a marca ao segmento dos sedãs médios.

O três-volumes é um projeto mundial da montadora, desenvolvido para competir em vários países - o que significa a internacionalização da marca -, mas que no Brasil recebeu características desejadas pelo mercado nacional, com incrementos em tecnologia e sofisticação, segundo a empresa.

O projeto foi desenvolvido pela Engenharia da Fiat do Brasil juntamente com a Itália. Lançado em maio de 2007, ele já é vendido em países como Alemanha e Portugal.

Para atender ao desejo dos consumidores de ter motorizações modernas, a empresa desenvolveu o novo motor 1.9 16V Flex e trouxe o motor T-Jet, de última geração, que concilia pequeno tamanho, economia e alto desempenho.

O sedã oferece ainda itens como câmbio Dualogic, sistema Blue&Me, navegador GPS, sensor de estacionamento, de chuva e crepuscular, até seis air bags, ar-condicionado automático digital, entre outros.

O Fiat Linea chega ao mercado com quatro diferentes versões, com duas novas motorizações, dois tipos de câmbio e três níveis de acabamento. São elas: 1.9 16V, 1.9 16V Dualogic, Absolute e T-Jet.

Hoje, o segmento dos sedãs médios é o quarto maior do mercado nacional. De 2006 para 2007, cresceu nada menos do que 30,6% - enquanto o mercado de automóveis ganhou 26,4% no mesmo período. Em 2007, foram comercializados mais de 181 mil carros, volume que movimentou aproximadamente R$ 12 bilhões.

Neste ano, de janeiro a agosto, o segmento já teve aproximadamente 140 mil unidades vendidas. Estima-se um volume de 220 mil veículos até o fechamento de 2008.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;