Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sérgio Soares exalta xerife

André Henriques/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Treinador defende estilo de jogo de Domingos e conta como foi a chegada ao Santo André


Dérek Bittencourt

03/11/2017 | 07:00


A contratação do zagueiro Domingos como primeiro reforço do Santo André para o Campeonato Paulista gera grande expectativa no técnico Sérgio Soares, um dos principais responsáveis pela vinda do defensor e assumidamente admirador de seu estilo de jogo.

“O Domingos é atleta que joga duro e tem de ser assim, firme e forte. Prefiro jogador com essa seriedade”, declarou o comandante ramalhino, que enxerga diversas maneiras de o zagueiro ajudar o Santo André. “Pode dar contribuição a meninos mais jovens, maturar esses atletas. É experiente, mas não velho. Está no ápice da forma e pode contribuir bastante. Vai ser um dos pilares dessa nossa caminhada”, emendou ele.

As conversas com o defensor de 31 anos iniciaram por meio do auxiliar técnico de Sérgio Soares, Denys Facincani. Vizinhos em Santos, o zagueiro e o integrante da comissão técnica começaram as tratativas há alguns meses. “Ele (Domingos) disse ao Denys que queria trabalhar conosco. Isso enquanto estávamos conversando com o Santo André. Quando fechei com o clube, falei com ele, que nos revelou a vontade de vir para cá. Passei a situação para o presidente (Sidney Riquetto) e para o Carlito (Arini) conversarem com o jogador, que entendeu que o Santo André faria um time para brigar no campeonato.”

Soares confirmou que outras agremiações também tinham interesse em contar com Domingos em 2018, mas o defensor acabou seduzido pela proposta e pelo projeto andreense. “Ele já tem sua vida feita e poderia ter ido a outro clube, mas escolheu trabalhar conosco. Vejo que o Santo André fez grande contratação”, concluiu o treinador.

Após cinco temporadas no Catar, Domingos retorna ao futebol brasileiro. Está desde maio sem jogar oficialmente, mas disse em sua apresentação que vem cuidando da parte física com personal trainer. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sérgio Soares exalta xerife

Treinador defende estilo de jogo de Domingos e conta como foi a chegada ao Santo André

Dérek Bittencourt

03/11/2017 | 07:00


A contratação do zagueiro Domingos como primeiro reforço do Santo André para o Campeonato Paulista gera grande expectativa no técnico Sérgio Soares, um dos principais responsáveis pela vinda do defensor e assumidamente admirador de seu estilo de jogo.

“O Domingos é atleta que joga duro e tem de ser assim, firme e forte. Prefiro jogador com essa seriedade”, declarou o comandante ramalhino, que enxerga diversas maneiras de o zagueiro ajudar o Santo André. “Pode dar contribuição a meninos mais jovens, maturar esses atletas. É experiente, mas não velho. Está no ápice da forma e pode contribuir bastante. Vai ser um dos pilares dessa nossa caminhada”, emendou ele.

As conversas com o defensor de 31 anos iniciaram por meio do auxiliar técnico de Sérgio Soares, Denys Facincani. Vizinhos em Santos, o zagueiro e o integrante da comissão técnica começaram as tratativas há alguns meses. “Ele (Domingos) disse ao Denys que queria trabalhar conosco. Isso enquanto estávamos conversando com o Santo André. Quando fechei com o clube, falei com ele, que nos revelou a vontade de vir para cá. Passei a situação para o presidente (Sidney Riquetto) e para o Carlito (Arini) conversarem com o jogador, que entendeu que o Santo André faria um time para brigar no campeonato.”

Soares confirmou que outras agremiações também tinham interesse em contar com Domingos em 2018, mas o defensor acabou seduzido pela proposta e pelo projeto andreense. “Ele já tem sua vida feita e poderia ter ido a outro clube, mas escolheu trabalhar conosco. Vejo que o Santo André fez grande contratação”, concluiu o treinador.

Após cinco temporadas no Catar, Domingos retorna ao futebol brasileiro. Está desde maio sem jogar oficialmente, mas disse em sua apresentação que vem cuidando da parte física com personal trainer. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;