Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Síria: combatentes iniciam o ataque final contra o EI em Raqqa

EBC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


15/10/2017 | 07:51


Combatentes sírios apoiados pelos Estados Unidos iniciaram uma operação para recuperar a última área da cidade de Raqqa ainda sob domínio de terroristas do Estado Islâmico. A ação ocorre após cerca de 275 militantes e suas famílias decidirem se entregar.

As Forças Democráticas da Síria, lideradas por curdos, apontam que a operação iniciada neste domingo irá continuar "até que toda a cidade seja varrida de terroristas que neguem a se render".

O ataque acontece dias após oficiais locais e da coalizão liderada pelos Estados Unidos afirmarem que terroristas do EI e civis seriam autorizados a deixar Raqqa, que já foi a capital do califado extremista. A Coalizão ainda declarou que combatentes estrangeiros não seriam autorizados a participar da ação.

As Forças Democráticas da Síria estão numa ofensiva na cidade desde o início de junho e, agora, controlam a maior parte da cidade. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Síria: combatentes iniciam o ataque final contra o EI em Raqqa


15/10/2017 | 07:51


Combatentes sírios apoiados pelos Estados Unidos iniciaram uma operação para recuperar a última área da cidade de Raqqa ainda sob domínio de terroristas do Estado Islâmico. A ação ocorre após cerca de 275 militantes e suas famílias decidirem se entregar.

As Forças Democráticas da Síria, lideradas por curdos, apontam que a operação iniciada neste domingo irá continuar "até que toda a cidade seja varrida de terroristas que neguem a se render".

O ataque acontece dias após oficiais locais e da coalizão liderada pelos Estados Unidos afirmarem que terroristas do EI e civis seriam autorizados a deixar Raqqa, que já foi a capital do califado extremista. A Coalizão ainda declarou que combatentes estrangeiros não seriam autorizados a participar da ação.

As Forças Democráticas da Síria estão numa ofensiva na cidade desde o início de junho e, agora, controlam a maior parte da cidade. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;