Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Trump disse que o conflito do Catar pode ser rapidamente resolvido

@USAirForce/ Fotos Públicas  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


20/09/2017 | 00:16


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que está confiante de que uma disputa diplomática entre o Catar e seus vizinhos no Golfo Pérsico pode ser resolvida.

Trump se sentou com o emir do Catar, xeque Tamim bin Hamad Al Thani, enquanto lideres mundiais se reuniam na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

O presidente americano referia-se à disputa em que se envolveu o país Árabe quando Bahrein, Egito, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos cortaram relações com Doha, acusando o Catar de financiar grupos terroristas. Doha nega malfeitos e Trump se ofereceu para mediar uma resolução.

Trump disse que tem "uma sensação muito forte" de que a disputa será resolvida "bem rápido". O emir disse que acredita que a "interferência de Trump vai ajudar muito". Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Trump disse que o conflito do Catar pode ser rapidamente resolvido


20/09/2017 | 00:16


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que está confiante de que uma disputa diplomática entre o Catar e seus vizinhos no Golfo Pérsico pode ser resolvida.

Trump se sentou com o emir do Catar, xeque Tamim bin Hamad Al Thani, enquanto lideres mundiais se reuniam na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

O presidente americano referia-se à disputa em que se envolveu o país Árabe quando Bahrein, Egito, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos cortaram relações com Doha, acusando o Catar de financiar grupos terroristas. Doha nega malfeitos e Trump se ofereceu para mediar uma resolução.

Trump disse que tem "uma sensação muito forte" de que a disputa será resolvida "bem rápido". O emir disse que acredita que a "interferência de Trump vai ajudar muito". Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;