Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Maycon lamenta desatenção e Jô minimiza empate do Corinthians contra o Racing



14/09/2017 | 00:21


Os jogadores do Corinthians tiveram opiniões distintas em relação ao empate por 1 a 1 com o Racing, nesta quarta-feira, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pela rodada de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. O atacante Jô disse que o resultado não chega a ser algo ruim, mas Maycon acredita que a equipe deveria ter tido maior concentração para conseguir sair com a vitória.

"Segundo tempo a gente deixou de jogar e faltou um pouco de atenção na hora de propor o jogo. Mas é uma competição de dois jogos. Acabou que o 1 a 1 não é um resultado ruim, pois uma vitória simples nos classifica. Agora é ter tranquilidade, trocar a chavinha e pensar no Brasileiro", disse o atacante.

Para Maycon, o time precisa voltar a ter atenção e tentar repetir a boa atuação do primeiro tempo. "Não é o resultado que queríamos. O ideal seria vencer e sem levar gols em casa, pois agora teremos que buscar a classificação fora. Tivemos um pouco de desatenção e erramos muitos passes, que não estamos acostumados. Precisamos de mais concentração", comentou o volante.

Com o resultado, o Corinthians precisará vencer na Argentina, na quarta-feira que vem, para se classificar ou empatar por mais de dois gols. Caso mais uma vez o placar seja de 1 a 1, a decisão vai para os pênaltis e 0 a 0, quem avança são os argentinos.

O Corinthians somou três jogos consecutivos sem vencer. "A vitória vai voltar a acontecer. Estamos trabalhando forte e o grupo vai sair dessa", prometeu o volante Gabriel.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Maycon lamenta desatenção e Jô minimiza empate do Corinthians contra o Racing


14/09/2017 | 00:21


Os jogadores do Corinthians tiveram opiniões distintas em relação ao empate por 1 a 1 com o Racing, nesta quarta-feira, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pela rodada de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. O atacante Jô disse que o resultado não chega a ser algo ruim, mas Maycon acredita que a equipe deveria ter tido maior concentração para conseguir sair com a vitória.

"Segundo tempo a gente deixou de jogar e faltou um pouco de atenção na hora de propor o jogo. Mas é uma competição de dois jogos. Acabou que o 1 a 1 não é um resultado ruim, pois uma vitória simples nos classifica. Agora é ter tranquilidade, trocar a chavinha e pensar no Brasileiro", disse o atacante.

Para Maycon, o time precisa voltar a ter atenção e tentar repetir a boa atuação do primeiro tempo. "Não é o resultado que queríamos. O ideal seria vencer e sem levar gols em casa, pois agora teremos que buscar a classificação fora. Tivemos um pouco de desatenção e erramos muitos passes, que não estamos acostumados. Precisamos de mais concentração", comentou o volante.

Com o resultado, o Corinthians precisará vencer na Argentina, na quarta-feira que vem, para se classificar ou empatar por mais de dois gols. Caso mais uma vez o placar seja de 1 a 1, a decisão vai para os pênaltis e 0 a 0, quem avança são os argentinos.

O Corinthians somou três jogos consecutivos sem vencer. "A vitória vai voltar a acontecer. Estamos trabalhando forte e o grupo vai sair dessa", prometeu o volante Gabriel.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;